Festival de Tiradentes trará o 2º melhor chef do mundo

Trio de pimentas do Dalva e Dito, onde foi lançado o 15 º Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes, MG

Terça almocei no Dalva e Dito; razão: lançamento do 15º Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes. A comilança mineira será entre os dias 24 de agosto e 2 de setembro. Além dos workshops, cursos, degustações e shows, haverá os festins, disputados jantares especiais preparados por chefs brasileiros e internacionais, sextas e sábados. O tema é a gastronomia regional, com menu preparado por dois chefs, um de cada estado. Já fiquei empolgado com um dos festins do dia 25, realizado por Alberto Landgraf (do Epice, de São Paulo) e Thiago Castanho (do Remanso do Bosque, de Belém do Pará). Olha o menu!

Porco na lata com purê de batatas e pequi, servido como um dos pratos principais no almoço lançamento realizado no Dalva e Dito

Menu da dupla: orelha de porco frita com couve e mostarda; confit de garoupa, picles de legumes, soro de leite, ora-pro-nobis; pirarucu defumado, molho de urucum, banana e farofa de castanha; rabada e macaxeira defumada; bacuri fresco, café, melaço, cacau e tapioca caramelizada; e bolo de mandioca com manteiga de garrafa e amêndoas, sorvete de tapioca, cumaru. Já posso parar de salivar?

Surubim no caldo de capim-santo e jambu: refrescante

Outro festim que eu adoraria será o do chef espanhol Jordi Roca, do Restaurante El Celler de Can Roca, em Girona, Catalunha, eleito o segundo melhor restaurante do mundo pela revista britânica Restaurant. Olha só o que ele vai aprontar no dia 24: ostra ao cava, compota de maçã, gengibre, abacaxi, limão confitado e especiarias; velouté de alcachofra, molho de foie, laranja e azeite de trufa; linguado mediterrâneo, azeite de oliva, erva doce, pinole, bergamota e mexerica; cordeiro com verduras escalibadas e fumaça de brasa; doce de leite, sorvete de leite de ovelha, espuma de coalhada e goiaba. Dios mio!

O almoço fechou com creme de goiaba e queijo. Básico

Mas há muita gente boa nas outras noites, como o André Saburó, da Quina do Futuro, de Recife; a Kátia Barbosa, do Aconchego Carioca (Rio); o Matías Palomo, do Sukalde, de Santiado do Chile; o Sumito Estévez, do Sumito de Caracas (Venezuela); e o Diego Muñoz, do Astrid y Gastón, de Lima, Peru. Os preço dos jantares são R$ 340 (chefs brasileiros), R$ 390 (chefs latinos) e R$ 450 (do espanhol Jordi Roca). As reservas devem ser feitas na Estação Turismo.

Acho que vou à pé pra ver se não volto parecendo um balão!

Estação de Turismo – tel. (31) 3029-1688, www.estacao.tur.br

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s