Nasce uma estrela

Canudinho de festa de casamento recheado com creme de camarão e ovas de peixe Mujjol – e isso é só um petisco…

Segundona fria, mas com uma grande novidade gastronômica: hoje inaugurou o aguardado Attimo, nova casa do restaurateur Marcelo Fernandes (sócio do Kinoshita, Mercearia do Francês e Clos de Tapas, vai vendo…). Aqui Marcelo se associou ao seu irmão, Ernesto Fernandes, e ao chef Jefferson Rueda (ex-Pomodori). A proposta da cozinha me deixou curioso: culinária ítalo-caipira. Ou seja, pratos que mesclam a tradição italiana (uma das preferidas em SP) com ingredientes, técnicas e toques da cozinha regional brasileira, terreno onde Jefferson se sente à vontade – criado no interior, ele ainda é casado com Janaina Rueda, a chef do Bar da Dona Onça – ou seja, é muito Brasil, gente. O resultado superou qualquer expectativa, nas minhas duas visitas à casa, em jantares para convidados. Agora a casa abre pra valer, mas pelo que vi (e comi), o Attimo vem com força.

Outro petisco: bife à cavalo “remix”!

O novo restaurante fica numa esquina tranquila da Vila Nova Conceição, um imóvel dos anos 1950, construído pelo arquiteto David Libeskind. O novo projeto, claro e arrojado, é de Naoki Otake, autor de projetos dos já citados Clos e Kinoshita. Muito branco (inclusive numa linda parede de elementos vazados), mas sem ofuscar; muita luz natural vinda dos painéis de vidro e da claraboia; aço, espelhos e madeira dividindo espaço com balaios e outros itens do interior; e uma bela adega no piso superior, quase que pairando sobre o salão (com um anexo dedicado a cachaças, comme il faut). Elegante sem ser opressivo ou esnobe.

Drinques caprichados. Ao fundo, a parede de elementos vazados que adorei

Bem, e a comida? Podemos dizer que Rueda se diverte – pra nossa sorte. Os petiscos do bar já são um encanto – e acompanhados de drinques muito bem executados, como as caipirinhas de cachaça Da Lage ou o ótimo dry Martini (acreditem, pedi nas duas vezes em que estive lá e fui feliz em ambas).

Milanesa de coxão mole com risoto de funghi porcini

Os petiscos vão das inspiradas mini coxinhas recheadas com galinha caipira e fonduta de catupiry (R$ 12) aos sensacionais canudinhos de festa de casamento recheados com creme de camarão e ovas de peixe Mujjol (R$ 18) e ao surpreendente bife à cavalo “remix” (pequenos blinis cobertos com a carne em pedacinhos e crocante de cebola, finalizados com um ovo de codorna estalado, R$ 15).

Arro com suã, linguiça, repolho, abóbora cambochan e grão de bico

Minhas degustações incluíram pratos diferentes nas duas noites, Na primeira eu havia eleito um campeão,o risoto de funghi porcini italiano (feito com arroz
carnaroli “Acquerello”), guarnecido por uma milanesa de coxão mole (R$ 65). De Deus, esse prato, sério. Outro campeão é uma entrada clássica de Rueda, raviolini de camarões e lagostins ao molho bisque com champagne e favas (R$ 46).

De salivar esse raviolini de camarões e lagostins ao molho bisque com champagne e favas verdes

Daí chega na outra visita e topo com o arroz “Acquerello” de novo, dessa vez com suã (a parte inferior do lombo do porco), linguiça, repolho, abóbora cambochan e grão de bico (R$ 60): arroz molhadinho, carnes suculentas e texturas perfeitas.

Ravioli de vitelo assado com molho cremoso de ervilhas

Isso que nem cheguei ao cabrito à caçadora com nhoque de batata assada (R$ 65), à língua de boi ao marsala com purê de batata (R$ 52) ou ao carpaccio de camarão, bottarga, brotos orgânicos e sorvete de limão siciliano (R$ 39). Fica pra outra.

Pudim de leite com chantilly de caramelo e algodão doce. É muito amor num pratinho só, gente!

E como não poderia deixar de ser, morri na sobremesa: um prosaico pudim de leite (R$ 16), acompanhado de chantilly de caramelo e… algodão doce! O avô do chef vendia algodão doce no interior e por isso a guloseima surge aqui. Obrigado, sr. Avô-Rueda, a gente super aprovou essa homenagem do netinho! Outro doce com sabor de infância do chef é a banana com paçoca (R$ 18): sorvete de banana, banana da terra brulée, paçoca pilada e prensada.

Banana da terra brulée sobre paçoca pilada e prensada com sorvete de banana

Sim, voltarei ao Attimo como cliente e indicarei a amigos, como estou indicando aqui. Seja pra comer algo mais rápido no bar, como o nhoque de batata ao molho de tomate italiano e peccorino trufado (R$ 38); seja para me refestelar novamente com o casamento ítalo-caipira tão bem orquestrado pelos “pais” desse restaurante. Auguri!

O chef Jefferson Rueda e suas paixões: a cozinha e o Corinthians!

Attimo – Rua Diogo Jácome, 341, Vila Nova Conceição, tel. (11) 5054-9999

About these ads

2 respostas em “Nasce uma estrela

  1. Lindo post!Lembrando que a receita do maravilhoso pudim é da chef confeiteira Saiko que homenageou o Vô do jefinho que vendia muitos algodões no coreto da praça matriz!grande Vô e grande Saiko!Realmente é de comer de joelhos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s