Arroz de tudo quanto é jeito

Hummm! Arroz Thai, molhado no leite de coco e curry, com camarões jumbo

Acho que arroz é um dos ingredientes mais presentes no prato dos brasileiros. E um dos mais queridos. Muita gente acha que não almoçou direito se não comer arroz! Quantas vezes vi amigos colocando calmamente uma colherada de arroz no prato, do ladinho do espaguete à bolonhesa…

Overdoses de carboidrato à parte, ontem fui conhecer o Oryza, restaurante recém-inaugurado onde ficava o antigo AK, em Higienópolis. E o que tem o arroz a ver com isso? Tudo. Oryza em latim significa arroz, símbolo da cozinha dos chefs Daniela Amendola e Márcio Silva. NÃO! Não é uma risoteria. O arroz ali aparece em várias formas, desde pratos principais até nas bebidas (sakê), na massa do rolinho vietnamita e como matéria-prima do pão do couvert – que, aliás, é servido com uma manteiga queimada meio docinha que é de se entupir.

Pra não esquecer mais: ovo mole com espuma de batata e pó de linguiça portuguesa

Como estávamos em oito à mesa, deu pra perdir várias entradas e pratos. E dá-lhe aquela misturança. Foi ótimo, assim pude provar um pouco de tudo. Nas entradas, o que mais me impressionou foi o ovo mole com espuma de batata e pó de lingüiça portuguesa (R$ 14). Adorei o choque de texturas (mole, esponjosa e crocante) e o sabor acentuado dos ingredientes.

Salão superior, fofo, com arte do grafiteiro Rafael Finok

Outra surpresa boa foram o mantecato de bacalhau com coulis de pimentão, batata e pó de azeite (R$ 16), e a terrine de fígado de galinha com polenta e cogumelos (R$ 14) – a polenta bem molinha faz um paralelo interessante com o gosto forte do fígado. Ah, também tem os suppli (R$ 10), bolinhos com casquinha crocante de risoto de arroz italiano, servidos com geléia de pimenta. Light, pra que numa hora dessas?

O arroz carreteiro da Roberta, que me matou de inveja

Depois de queimar a largada desse jeito, a tchurma não teve o mínimo pudor em pedir dez pratos. Nem vou comentar o trânsito de louça que se formou por ali. Meu prato era arroz thai (R$ 56), com leite de coco, curry e uns camarões flambados bem gordos. Um dos melhores pedidos foi o da minha amiga Roberta Malta: o carreteiro (R$ 24 meia porção/ R$ 35), com arroz agulhinha, carne seca, pipoca e um baita ovo em cima. Salivei e ataquei umas três vezes.

E nem só de arroz vive o menu Oryza. Então comemos peito de pato (R$ 48) com um interessante purê de batata-doce e gengibre confitado em saquê, chutney de damasco, molho de laranja e mel. Já o Marcelo Katsuki, esperto como ele só, mandou ver numa barriga de porco (R$ 38) saborosíssima, com espinafre e purê de maçã com alecrim. Morri um pouquinho de inveja, mas só dei uma garfada.

Vovó, cadê você? Riz au lait pra gente virar criança!

Quando tudo parecia terminado, chega a sobremesa: Riz au lait (R$ 14), ou arroz-doce francês. Dei uma colherada e até fechei os olhos. Parecia um doce de infância, feito por uma vovó que surtou e foi pra Paris fazer curso de gastronomia. Cremogema versão mega remix. Ainda tem uma caldinha de caramelo com um roque de sal pra jogar em cima. Bala toffe derretida define. Na hora virei um Ferrarinho, de 5 anos de idade. Tem também a panna cotta de sucrilhos com calda de nutella (R$ 15) ou o sushi de manga e abacaxi (R$ 15) com sorvetes de pimenta e de coco-capim santo.

Os "arrozeiros" profissionais, Daniela Amendola e Márcio Silva

Saí de lá feliz como um molequinho que acaba de ganhar o campeonato de bola-de-gude (Jesus, como sou velho!). Gostei muito desse Oryza. Ambiente bacana, serviço atencioso, comida surpreendente e preço bem razoável. Não vejo a hora de voltar.

Bora?

Oryza – Rua Mato Grosso, 450, Higienópolis, tel. (11) 3151-4463, www.oryza.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s