Parece um alien, mas é de comer

Juro, o alienígena no prato é bom de mastigar!

Não, a foto acima não se trata de um prato de patinhas de dinossauros. São percebes, crustáceos que proliferam principalmente na costa cantábrica, leia-se norte da Espanha e de Portugal. Apesar da aparência jurássica, têm um sabor incrível e são considerados uma iguaria refinada na culinária ibérica.

Como sei de tudo isso? Estive na Galícia e nas Astúrias, há oito anos, fazendo uma matéria sobre a Espanha Verde. Em um dos restaurantes, me trouxeram uma bandeja de percebes, como se estivessem me oferecendo o quarto Segredo de Fátima.

 

Sim, os percebes são estranhos. Mas são gostosos

Olhei aquelas unhas de E.T. com uma desânimo completo, mas pra não fazer feio peguei um. Fui instruído a quebrar o tubinho que sai da unha na direção contrária do meu corpo, pois “às vezes o percebe solta uma tinta vermelha e mancha a roupa”. Com MAIS essa informação “bacana”, fui à luta, rompi o bicho e meti a tripinha na boca pra não estender a conversa nem fazer desfeita.

Essa é a parte comestível do crustáceo

E tudo mudou.

Realmente, o percebe tem um gosto ótimo e simples ao mesmo tempo, surpreendente, que explode na boca assim que você morde. A textura é menos borrachuda do que parece e quando me dei conta eu já estava comendo outro, e mais outro e mais outro. O preparo é até simples: depois de lavados, os percebes são fervidos em água do mar, louro e alho. Depois são resfriados com gelo e servidos com manteiga derretida. Hmmm…

Os espanhóis fizeram cara de satisfação. E eu mais ainda, principalmente quando eu soube que, na época, 1 kg de percebes custava 100 euros! Hoje, sai 260 dólares. Por que tão caro? O crustáceo se fixa nas rochas da costa do Mar Cantábrico, onde o mar arrebenta com mais força. São colhidos pelos chamados “mergulhadores” na maré baixa. Uma profissão de risco, já que as ondas chegam com força suficiente para machucar ou até matar um homem. Cerca de cinco caçadores de percebes morrem todo ano na região. Assim, o preço do bicho vai lá pra cima.

Profissão, perigo: os "mergulhadores" em ação

Toda essa história por quê, mesmo? Dia 12 começa uma série no Discovery Chanel, Planeta Humano, mostrando a relação do homem, o animal mais adaptável do mundo, com seu meio ambiente. O primeiro dos oito capítulos, A vida na água, fala dos povos que vivem à beira dos oceanos e tiram dele seu sustento. E adivinha quem são os primeiros abordados? Os mergulhadores de percebes!

Creio que nenhum lugar em São Paulo serve percebes. Mas se eu viajar para a Espanha, ou San Francisco (onde também se come muito esse crustáceo), vou querer provar de novo essa maravilha. E dessa vez vou largar de frescura e comer sem fazer careta.

Planeta Humano – estréia 12 de maio, quinta, 22h, no Discovery Chanel

Anúncios

2 respostas em “Parece um alien, mas é de comer

  1. Oi!

    Já faz um tempinho que você deixou essa postagem aqui, mas eu fico feliz de ter encontrado.

    Estava lendo uma matéria sobre a revolução portuguesa e os melhores restaurantes do país, alguns com percebes e ao olhar na interne eu tive pavor, mas lendo sua crítica sobre, sabe que até me passa à mente a vontade de tentar?

    Obrigada pela dica ;-]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s