Um cinquentão com tudo em cima

Risoto de aspargos verdes com lagostins flambado no pastis. Meu preferido do dia

Estou apaixonado por um senhor francês de meia-idade. Já o conhecia faz tempo, mas hoje o revi e lembrei o quanto ele é elegante, simples e gostoso. O “senhor” em questão é o La Casserole, um dos mais antigos restaurantes da cidade – tem 56 anos! – e certamente um dos melhores endereços da culinária francesa na capital. Fui almoçar lá hoje para conferir o festival A Arte de Flambar, que a casa leva até dia 30, no almoço e jantar. Quer saber como foi?

No jantar, o garçom faz o flambado na mesa do cliente. Fui exceção e vi o show de habilidade no almoço

À noite, o cliente ainda tem a chance de ver o garçom flambar a receita na sua frente. Tive sorte: Marie-France Henry, dona do La Casserole, abriu exceção e deixou o garçom flambar todos os pratos no salão, mesmo sendo hora do almoço. Assisti ao “show” bem de pertinho. Tenso! Mas não há perigo, claro. E os aromas que se desprendem, enquanto as labaredas do destilado flambam os ingredientes, dão água na boca.

Equilíbrio perfeito de texturas: escargots à la provençale, flambados na cachaça, com polenta mole e pinólis.

O menu do festival é até enxuto: uma entrada, três opções de prato principal e duas de sobremesa. O problema é que todas são deliciosas e tentadoras. De entrada, escargots à la provençale sobre polenta mole (R$ 38). Você tem medo de escargot, acha que vai comer lesma? Bobagem. Estes são preparados com manteiga de ervas e flambados com cachaça. Depois, acomodados sobre o colchão cremoso da polenta e servidos com pinolis crocantes. Percebeu a mistura de texturas?

Steak au poivre, flambado no conhaque, e batatas à la crème: a carne passou um pouquinho do ponto, mas menteve a suculência

Dos três pratos, provei dois. Primeiro um sensacional risoto de lagostins e aspargos verdes (R$ 55), com os crustáceos flambados no pastis. Já digo: foi meu preferido. Seguimos com o steak au poivre e batatas à la crème (R$ 50,50), flambado no conhaque. Adoro esse prato, mas ele trouxe o único pecadilho do dia: a carne passou um pouco do ponto. Manteve a suculêcia, rosada e macia por dentro, mas por fora chegou a escurecer. Ainda há a opção do coq au vin (R$ 44), flambado no armagnac.

Para finalizar, um clássico: crêpes suzette

Entre as sobremesas, abri mão da banana assada com sorvete de canela e flambada ao rum (R$ 15) para mergulhar no clássicos crêpes suzette (R$ 22), panquequinhas flambadas no grand marnier e suco de laranja.

Degustei – sim, degustei, não apenas comi – essa maravilha e me senti um privilegiado, olhando para uma foto numa das paredes do salão, da vista superior da catedral de Notre-Dame, em Paris. Na mesa ao lado, vinha o cheiro irresistível do sole meunière (R$ 55), um linguado com manteiga derretida, limão e salsinha, que me lembrou o peixe mostrado no começo do filme Julia e Julie. Mais ao fundo, um garçom preparava, com uma habilidade admirável, uma porção generosa de steak tartare (R$ 52,50) para um cliente. Uma bandeja passou, levando um filet Henri IV (R$ 50,50), um mignon alto, cuja suculência se adivinhava de longe, com molho béarnaise, ao lado de gordas batatas soufflées.

Ou seja, mesmo que você não prove o menu de flambados do La Casserole, recomendo visitar o restaurante. Principalmente se você for fã da boa e velha culinária francesa. Mas é bom reservar, pois mesmo numa terça-feira de sol frio, o salão estava cheio no pico do almoço – que se esvazia aos poucos. Não estranhei. Esse cinquentão ainda dá de dez em muitos novinhos, que chegam botando banca, mas no fundo têm repertório limitado.

Como em várias situações da vida.

La Casserole – Largo do Arouche, 346, Centro, tel. 3331-6283

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s