Na terceira vez, mudei de opinião

Pappardelle com tomate e ragu de cordeiro do Serafina: massa cem cozida, fartura de carne e tempero marcante. A mamma Ferraro iria lamber os beiços

Aberto há quase dois anos, o restaurante Serafina bomba de gente, mas confesso que o local nunca havia me pegado. Filial de uma rede de Nova York – freqüentada por gente como Tom Cruise, David Letterman, Hillary Clinton e Isabeli Fontana –, a casa em SP vive cheia, principalmente à noite. Eu havia ido duas vezes – a primeira não me impressionou em nada e a segunda acabou sendo pior, principalmente pelo serviço. Quase um ano se passou, voltei lá ontem para almoçar e devo dizer: agora sim, gostei. Aliás, acabei comendo além da conta, sem espaço nem para o cafezinho.

Pizza Margherita V.I.P., com massa fina, quase crocante na borda e levemente molinha no centro

Havia uma forte impressão de que ali era um daqueles locais “pra ver e ser visto”. E é mesmo, mas o que chegou à mesa me mostrou que a cozinha comandada pelo chef Ricardo di Carmargo (nada a ver com o cantor sertanejo, eu acho) melhorou bastante e vale a visita. O cardápio é composto, em grande parte, pelos pratos da matriz, mas os sócios brasileiros e o chef introduziram algumas criações. Como o galeto com polenta ou o avestruz na grelha com mix de legumes (R$ 49). “A carne tem apenas 145 calorias e é muito saborosa”, diz Davide Bernacca, italiano da Toscana, radicado no Brasil há 20 anos, e um dos sócios do Serafina. Ele tem razão: o que não entrega em caloria, a carne entrega em sabor e suculência. E legumes mais crocantes, como brócolis, cenouras e aspargos, dão textura ao prato.

Avestruz fariada e assada na grelha, com legumes crocantes: o cara me jurou que a carne tem só 145 calorias. E é gostosa!

Um dos antepastos, o prato de frios italianos (R$ 33), com mortadela, presunto cru e um dos mais macios presuntos cozidos que já comi, vem acompanhado de uma cesta de focaccias quentinhas, assadas em forno a lenha. De lá chegam as pizzas, também servidas no almoço, uma tendência que demorou, mas finalmente dá suas caras na cidade. Provei a Margherita V.I.P. (R$ 33), com a massa fininha, perfeitamente assada – quando erguida, não fica rígida demais nem desana sobre o prato, mas se sustenta com a ponta levemente inclinada para baixo. Molho delicioso, mussarela de búfala na medida, manjericão sem exagero. Voltaria ali só para comê-la de novo.

La Dolce Vita: uma das estrelas da matriz de NY, o espaguete com molho de manteiga e caviar. É bom, mas custa R$ 55. Pense...

Experimentei três massas. Uma das mais caras da casa (R$ 55), o espaguete com caviar só está no cardápio porque é um prato-símbolo da matriz, que evoca a Roma da “dolce vita” dos anos 1960. “Com o preço que o caviar atinge no Brasil, não dá para ter margem de ganho nesse prato, mas o mantemos pela tradição”, me diz Marcelo Alcântara, outro sócio. A receita é razoavelmente simples, um espaguete (com cocção correta) num leve molho de manteiga, com um montículo das preciosas ovas negras por cima. É bom, mas não compensa o preço. Coisa de americano mesmo.

O famoso ravioli recheado de ricota com trufas negras e molho amanteigado: para paladares mais fortes - tipo o meu, né?

Mil vezes o pappardelle com tomate e farta quantidade de ragu de cordeiro (R$ 39), quase uma comfort food italiana, pra mamma nenhuma botar defeito. Já o ravioli al tartufo nero (R$ 62), com a massa recheada de ricota e trufas negras e molho amanteigado, é gostoso, mas nada leve, com a presença da trufa bem marcante.

Torta de maçã verde com amêndoas fatiadas e um incrível sorvete de canela. Só isso e a pizza já me fariam muito feliz. Ah, e o vinho também...

Sim, ainda rolou sobremesa. No plural, aliás: um tiramisù (R$ 18) equilibrado (mas não inesquecível) e uma poderosa torta de maçã verde com crocante de amêndoas (R$ 17), acompanhada de um surpreendente sorvete de canela. Marcelo me conta que até junho deverá abrir o Serafina no Itaim e, posteriormente, no futuro boulevard ao lado do Shopping JK. Então… auguri!

Mais um tiramisù pra minha "coleção" (todo lugar que tem eu peço!)

Serafina – Al. Lorena 1705, Jardins, tel: (11) 3081-3702, www.serafinarestaurante.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s