Pra matar de vez: receita de torta de amêndoas e figos

Morri com essa torta de avelã, figo, mel e alecrim

Morri com essa torta de amêndoa, figo, mel e alecrim. E nem é difícil de fazer! Vem!

E como desejo um Natal muito doce pra todos vocês, mais uma receitinha de sobremesa pra fazer hoje (ou no ano novo!). Essa maravilhosa torta de amêndoas e figos é do chef pâtissier Lucas Corazza, do Bar.bar Gastronomia – que no ano passado já havia cedido uma receita incrível de rabanadas recheadas, que você pode pegar aqui. Bem, essa é um pouquinho mais trabalhosa, vai também mel e alecrim, mas o resultado é incrível. Vamos criar coragem e mandar ver no fogão? Continuar lendo

Anúncios

Vem, gente! Receita fácil fácil de doce de abacaxi!

Delícia de abacaxi: até aquela tia chata vai adorar

Delícia de abacaxi: até aquela tia chata e intrometida vai adorar

Hohoho, amigo do Que Delícia! Preparando a ceia de Natal? Eu já fiz meu bolo de frutas (cujo passo-a-passo você encontra aqui). Mas tenho uma ótima receita de sobremesa, a Delícia de Abacaxi. Um doce rapidinho de fazer e que agrada até aquela tia chata que vive perguntanso “e as namoradas?”. A receita é da Flávia Ribeiro, irmã do chef Carlos Ribeiro, do restaurante Na Cozinha (esse povo agora engordar a gente!). Esqueça a rena de nariz vermelho, arregace as mangas e vem comigo! Continuar lendo

Dica “vai, magrinho!” de Natal

lapinha01Para aqueles que me acusam de falar apenas de gordice, hoje vou mandar uma dica saudável – mesmo! Ganhei uma cesta de Natal da Lapinha Spa e já comecei a manhã bem feliz. Aliás, ainda vou contar aqui minha estada na Lapinha esse ano, que mudou muito da minha vida – mesmo (2)! Enfim, a cesta vem em duas versões: a normal (suco de maçã, morango em calda, palito de queijo, biscoitos de nozes e de aveia, molho de tomate orgânico e pão doce stollen, R$ 110) e a premium (adicione suco de uva 500, amora preta em calda, granola, geleias de morango e de laranja, castanha do Pará, damasco e uva passa, R$ 175). Todos itens são orgânicos e produzidos no spa, que acaba de completar 40 anos. Uma dica pros paulistanos: a Casa Santa Luzia também vende produtos Lapinha, separadamente. Pense leve, pelo menos de vez em quando, que o resultado aparece – mesmo (3)!

Stollen: pão doce de farinha integral, frutas secas, passas e outras delícias. Receita original da dona Margarida, fundadora da Lapinha!

Stollen: pão doce de farinha integral, frutas secas e cristalizadas e uvas passas. Receita original da dona Margarida, que fundou a Lapinha Spa há 40 anos!

Lapinha Spa  Estrada da Lapa, Rio Negro, km 16, Lapa, Paraná, tel. (41) 3622-1044, www.facebook.com/lapinhaspa
Casa Santa Luzia –
Al. Lorena, 1471, Jd. Paulista, tel. (11) 3897-5000, www.santaluzia.com.br

Pegue seu vinho na loja para jantar no andar de baixo

Ravióli de tomate sec, com fonduta de trufas e farofa de pistache

Meu prato favorito do dia: ravióli de tomate sec0, com fonduta de trufas e farofa de pistache

Tanta correria nesse fim de ano que nem falei aqui de um lugar gostoso que conheci no começo do mês, nos Jardins. Chama-se Bodega Franca, um misto de loja de vinho, empório e restaurante. Alguém aí falou Mangiare? Sim, o conceito é parecido, mas o Bodega tem uma pegada mais íntima. No andar de cima ficam os vinhos (cerca de 400 rótulos, bem variados), os produtos de empório (queijos, frios, chocolates, massas, temperos e até bolo de rolo) e um simpático terraço. No andar de baixo está o restaurante, um ambiente amplo, com 75 lugares e um bar, além de salas menores para eventos. A cozinha tem inspiração franco-italiana e é comandada pela chef Thaís Bulgareli. Cardápio nada pretensioso, preços interessantes, e você ainda pode escolher o vinho na loja e toma-lo ali. Meu prato favorito foi o ravióli de tomate seco, com fonduta de trufas e farofa de pistache (R$ 45): além de muito saboroso e marcante, ainda chega numa apresentação muito bacana. Olha só o que mais provei: Continuar lendo

Que tal uma mini árvore de Natal recheada de nutella?

Alegria do Papai Noel: casquinha de chocolate e recheio de nutella

Alegria do Papai Noel: casca de chocolate e recheio de nutella

Árvore de SucrierDica certeira para os fãs de nutella: a pâtissière Gabriela Gotthilf Czitrom, da Sucrier, criou uma mini-árvore de Natal totalmente recheada com o famoso creme de avelãs. O mimo (R$ 35, 125 g) tem casca de chocolate ao leite belga, recoberta de confeitos dourados. Quando você rompe a superfície, vem toda aquela fartura cremosa e bem doce de nutella. Babou? A Sucrier preparou outras guloseimas decorativas pro Natal, como a árvore montada por sucriers (na foto ao lado), um fino sanduíche de bolachas de amêndoas com recheio cremoso e cobertura de chocolate. A árvore tem sucriers de sabores sortidos e é vendida em dois tamanhos, com 29 sucriers ( R$ 98) e 46 sucriers (R$ 144). É recomendável encomendar com antecedência, ok?

Sucrier Sucré & Chocolat – R. Galeno de Revoredo 100, Itaim Bibi, tel. (11) 2892-0929, www.sucrier.com.br

Passo a passo fácil: bolo de frutas para o Natal

img_6131bOutro dia vi a receita desse bolo de frutas no Facebook do chef Carlos Ribeiro, do restaurante Na Cozinha, e resolvi aventurar-me na minha cozinha. Não é que ficou uma delícia? Acabou em menos de 24 horas. É muito fácil de fazer e uma ótima idéia para a ceia de Natal. Vem comigo no passo a passo. Continuar lendo

Dica “vai, gordinho!” de hoje

Adeus, projeto verão!

Adeus, projeto verão!

Esse ano, um dos (re) lançamentos que mais fizerem barulho foi a volta do Lollo, o chocolate fofinho da Nestlé, que foi ícone dos anos 1980. E não é que a Burger King agora me lança um BK Mix Lollo? Olha o atentado: sorvete de baunilha, pedacinhos de Lollo e calda de chocolate. Sério, fiquei aguado pra provar. E, vamos combinar, deve ser bem melhor do que o sundae de bacon que o Burger King dos EUA lançou em junho (veja aqui).
Assim fica bem difícil fazer sucesso num sungão, viu? Humpf!

Esse hambúrguer valeu uma viagem pra Nova York

Uai burger: queijo Minas, peperoni e carne suculenta

Uai burger: queijo Minas, peperoni e carne suculenta

É isso mesmo que você leu: o hambúrguer da foto (eu sei, fotos ruins dessa vez, mas estava meio escuro e eu só com iPhone, então não me julguem!) foi o vencedor da disputa P.J. leva você a Nova York. O concurso, iniciado em outubro, recebeu quase 300 receitas de hambúrgueres criadas por clientes do P.J. Clarke’s do Itaim – e ontem foram julgados os dez melhores (nove, porque uma concorrente faltou). E eu fui jurado! Não, não tive de comer 9 sanduíches, mas dei pelo menos duas ou três bocadas em cada um pra julgar direitinho. Bem, a vencedora foi a mineira Sophia Nascimento, com o Uai Burger, que leva queijo Minas curado, peperoni e maionese com grãos de mostarda Dijon (além da carne, claro). A receita e outras fotos do evento estão abaixo. Continuar lendo

Corra atrás desse peru!

Peru de natal com farofa de castanhas portuguesas e chutney de cranberry, servido só no almoço do dia 18, no Ritz.

Peru de natal com farofa de castanhas portuguesas e chutney de cranberry: a iguaria será servida apenas no almoço do dia 18, nos Ritz Franca e Ritz Itaim

No ano passado não avisei a tempo e quase fui execrado, então esse ano já dou a dica: o Ritz servirá seu tradicional peru de natal no almoço do dia 18 de dezembro, terça-feira, nos endereços da Alameda Franca e da Jerônimo da Veiga. APENAS dia 18; depois só em 2013. O prato já virou tradição na casa – é servido há 30 anos. A delícia, criada por Maria Helena Guimarães e Lygia Lopes, consiste em peito de peru fatiado, bem macio, acompanhado de chutney de cranberry e farofa de castanhas portuguesas. O preço é R$ 58 por pessoa e as reservas podem ser feitas por telefone. Mas corra atrás desse peru que esse almoço é bem disputado! Perdeu? Se você tiver mão boa pra cozinhar, tente reproduzir a receita, que dei aqui no blog em 2011.

Ritz – Al. Franca, 1088, Jardins, tel. (11) 3088-6808, e R. Jerônimo da Veiga, 141, Itaim Bibi, tel. (11) 3079-3661, www.restauranteritz.com.br

Test drive: como fazer muffins de blueberry

Muffin de blueberry da Krusteaz: eu que fiz! Ok, é de caixinha, mas ficou bom!

Esse sábado fui comprar uns presentes de natal e me deparei com uma forma muito legal pra fazer quindins ou empadas. Lembrei que eu havia ganhado uma caixa de mistura pra muffin da Krusteaz e resolvi meter bronca na cozinha pra ver o que rolava. E não é que ficou bem gostoso? O muffin (nesse caso, de blueberry) não fica seco, vem frutinha suficiente pra rechear bem cada um e tem bom sabor. O único defeito é que os muffins ficam um pouquinho emborrachados, principalmente perto do topo. Mesmo assim, valem a pena: são rápidos (30 min.) e fáceis de fazer (só vai água!), e ainda dão aquele “up” no café da manhã ou no lanche. Vem comigo que ensino. Continuar lendo