Forno a lenha com sotaque bem italiano

Lasanha "da lenha", uma das delícias que saem do forno do Forquilha

Lasanha “da lenha”, uma das delícias do forno do Forquilha

Estamos tão acostumados a relacionar forno a lenha com pizza que às vezes estranhamos que nele sejam preparadas outras receitas. No novo Forquilha, o forno a lenha até serve para assar pizzetas (como a de abobrinha, ricota e pinoli, R$ 31). Mas dali sai também entradas, arrozes, sobremesa e um dos pratos mais gostosos da casa, a lasanha “de lenha” aos pedaços, que cruza o salão num carrinho até ser servida à mesa de quem pediu. Provei a Mamadi (R$ 36), versão de uma receita da avó de um dos sócios: massa bem fina, leve, com presença discreta de queijos (mussarela, parmesão, provolone), presunto magro e molho na medida, sem encharcar a lasanha, que veio com aquela casquinha de coisa assada em forno a lenha. Há também uma versão mais parruda, com vitela, funghi e ervilhas (R$ 41). Para acompanhar, uma taça de Barone Ricasoli Brolio (R$ 38, a taça e 150 ml). um chianti servido por mim mesmo na máquina enomatic. Leia mais abaixo!

fotoOutro item do forno que me surpreendeu: a Carta (R$ 31), ou seja, queijo stracchino “envelopado” pela massa de pizza fininha, coberto por fatias de presunto de parma e mel de aceto. É para compartilhar, quase comi tudo sozinho. #DonoRedondo

lulasEssa é um clássico: lulas empanadas (R$ 21). Aqui, com aioli de mostarda e salsinha. Prefiro só com o limãozinho. Sou desses.

spaghetinniMinha amiga pediu esse spaghettini pomodoro (R$ 33), com tomatinhos frescos, ricota de cabra, rúcula e azeitonas. Olha, a porção é bem generosa e o molho, muito gostoso.

berinjelaEm homenagem ao amigo Marcelo Kartsuki (que estava ausente desse jantar), pedi uma… friturinha! E de uma das coisas que ele mais adora: berinjela a parmigiana (R$ 35), com arroz e chips da casa. Estava gostosa, mas, por mim, teria um pouco mais de molho. Porém, comentei isso com o japonês e ele me garantiu que prefere assim mesmo, mais sequinho. Enfim, tem a versão com mignon (R$ 39).

enomaticEsse é meu “videogame” favorito: enomatic. Você escolhe um dos seis vinhos, pega a taça, coloca debaixo da tubinho metálico, seleciona a dose (50 ml., 75 ml. ou 150 ml.) e pronto. Além do Brolio citado acima, tomei o bordeaux Clos de Pins 2010 (R$ 26, 150 ml.) e me surpreendi com o ótimo espanhol Beronia Reserva (R$ 30, 150 ml.).

tigeladaNa hora da sobremesa, quase pedi as frutas “da lenha” (sim, feitas no forno e servidas com mascarpone, R$ 18). Acabei me dando muito bem com a tigelada de goiaba (R$ 19): o garçom traz a travessa do doce à mesa e serve a porção. Vai doce de goiabas frascas, creme de queijo, tudo coberto por castanhas em pedaços. Tem uma versão de Nutella, café e avelãs.

foto[1]Gostei do Forquilha e pretendo voltar para provar outras receitas, como o nhoque Dona Mercedes (R$ 35), com molho de tomate, mussarela e linguiça artesanal moída, e o misto Mediterrâneo (R$ 98, para das pessoas), que traz lula, polvo, camarão, peixe do dia e legumes, tudo grelhado. E, claro, brincar mais na enomatic.

Forquilha – Rua Vupabussu, 347, Pinheiros, tel. (11) 2371-7981.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s