Cupuaçu vira “chocolate” na Bahia

ammaJá comeu chocolate de cupuaçu? A marca baiana Amma acaba de lançar essa variedade, com o nome Theobroma Grandiflorum, feito com 80% de cupuaçu e açúcar orgânico. Bem, como não leva cacau, não é  um chocolate – mas é como se fosse um primo! A produção, da colheita à barra pronta, leva em média 50 dias (o chocolate leva 30). Eu comi e achei que o sabor remete bastante à fruta, bem docinho e com um toque fresco. E como a amêndoa do cupuaçu tem 30% a mais de manteiga do que a do cacau, a textura é bem cremosa, quase uma ganache na boca. A barra (com uma embalagem linda, aliás) custa R$ 18 e está à venda na Casa Santa Luzia, no Empório Santa Maria e em algumas lojas da rede St. Marche.

Uma resposta em “Cupuaçu vira “chocolate” na Bahia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s