Yes, nós temos coxinha – e ela é bem gostosa

coxinha1Hey, Nigella! Tem coxinha nova no pedaço – e melhor do que aquela que tanto te encantou. Pois é, acabou de abrir na Rua Augusta, a menos de um quarteirão da av. Paulista, a primeira filial da Padaria Brasileira, empresa surgida em Santo André há 60 anos, que virou a rede de padocas mais premiada do ABC paulista. Principalmente pela famosa coxinha de frango com caturpiry (tem outros seis sabores, como toscana e carne seca).

coxinha2Como sou muito fã desse salgado – e trabalho a três quadras da Brasileira – já fui ali quatro vezes para ter certeza que essa coxinha (R$ 4,90 a unidade) é mesmo a tal. E é. Com fritura sequinha, com massa macia e recheio bem homogêneo e deliciosamente temperado, a coxinha deles é uma das melhores que já provei em padarias. E como vende bem, tem sempre uma nova leva saindo, ou seja, está sempre fresquinha e quente. E ainda fiz o teste de levar pra casa e comer meia hora depois – e a danada estava gostosa. Mas não só de coxinha vive a Brasileira e almocei ali duas vezes. Vem comigo que te conto mais.

 
omelete
Além do tentador balcão logo na entrada, cheio de pães doces, roscas, guloseimas e, obviamente, as coxinhas (e outros salgados), a Brasileira tem um salão com mesas ao fundo e outro no piso superior. Com bom ar condicionado, diga-se. Do menu colorido, pedi uma omelete de queijo, presunto, ervilha e bacon (R$ 19,50). Veio farta, com as fatias de bacon fritas à parte e “envelopadas” pela omelete. Tudo servido com uma saladinha e um pão francês. Fui feliz.

yakissobaA padoca também é famosa pelo yakisoba. A porção individual custa R$ 18 e estava boa (eu teria botado um pouco mais de molho). Você pode pedir o combo, que ainda vem com dois guiozas e um refrigerante, tudo por R$ 26,60. Os grelhados variam – e incluem dois acompanhamentos. Um amigo pediu frango e adorou. Outro pediu contra-filé e achou “nervoso”. Vamos acompanhar. Ah, todos os pratos ganham uma mini-salada de entrada.

lancheHoje fui de sanduíche de queijo estepe, presunto, cream cheese, nozes e maçã verde, tudo no pão australiano (R$ 19). Apesar do recheio exagerado (comi de garfo e faca), o sabor do sandubão estava equilibrado e matou minha fome (ok, comi uma famigerada coxinha de entrada, não me julguem).

sonhoOutra vedete da casa são os mini-sonhos recheados. Na primeira vez que estive lá, achei a massa meio seca e pesada. Já nas outras em que provei o quitute, estava mais fresquinho e macio. Há dois recheios – doce de leite ou crème de baunilha – em quantidade comedida, quase que “molhando”  a massa. São vendidos em unidades (R$ 0,95 cada) ou em saquinhos com dez (R$ 9,50).

Enfim, o serviço ainda é meio confuso, porém bem intencionado. E muito simpático. Ainda quero provar a pizza e a forneria (uma espécie de calzone com diversos recheios), servidos diariamente a partir das 16h. Fiquei feliz por finalmente ter uma boa alternativa de padaria nessa região. Se mantiver essa qualidade, vou virar freguês. E ainda levo a Nigella quando ela voltar ao Brasil.

Padaria Brasileira – Rua Augusta, 1592, Jardins, tel. (11) 3262-2207, www.padariabrasileira.com.br

Anúncios

Uma resposta em “Yes, nós temos coxinha – e ela é bem gostosa

  1. Junior,
    Tudo da Brasileira é uma delícia!
    Vale a pena provar a taça maravilha deles. Um dos melhores doces deles.
    As bombas são divinas, e o bolo de coco tb é imperdível!
    Enfim, Brasileira é vida
    Beijo grande, seu blog é ótimo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s