Vamos almoçar melhor? Hoje, o carbonara perfeito do Tappo

Misture a gema ao macarrão: o calor do molho finaliza do cozimento e tudo fica perfeito.

Misture a gema crua ao macarrão para cozinhar no calor do molho e resultar num dos melhores carbonaras da cidade.

Retomando a série que promove almoços mais gostosos, hoje comi no Tappo Trattoria. A casa italiana de Renato Ades e do chef Benny Novak é um das minhas preferidas da dupla (responsáveis também pelo excelente Ici Bistrô, o Ici Brasserie e o 210 Dinner). Ambiente pequeno, mesas coladinhas, trilha sonora agradável… tudo conspira pra uma experiência agradável nesse Tappo. Mas não adiantaria nada se a principal coisa de um restaurante, a comida, não estivesse no mesmo nível. E, no caso do Tappo, a comida supera o próprio restaurante. A cozinha fica a cargo do chef italiano Rodofo de Santis, 28 anos de idade e três de São Paulo, onde já chefiou casas como Biondi e Domenico. Enfim, no almoço o sistema do Tappo é o seguinte: você escolhe um prato do menu e, pelo preço da sua opção, ganha entrada e sobremesa.

 

foto 2Hoje, por exemplo, comi carpaccio (na foto acima); outro dia foi vitelo tonnato. Quantidade pequena, mas honesta. Perfeita para abrir o apetite para a grande estrela da refeição – no meu caso um insuperável espaguete à carbonara. A massa chega à mesa fumegando, com uma gema por cima. Cabe a você misturá-la ao calor do macarrão e de seu molho cremoso para cozinhar rapidamente. Molho perfeito, à base de ovos, queijo pecorino e cubinhos de bacon crocantes. E só, pois carbonara que se preze não leva creme de leite, nunca. Sem contar o tempero perfeito, sal na medida e pimenta marcante, sem desequilíbrio.

 

foto 3Sim, ainda tive a cara de pau de ir na sobremesa: hoje, um pequeno (ainda bem) cannolo siciliano (foto ao lado), um tubo de massa crocante, bem recheado com creme levíssimo e pistaches, tuco coberto com chocolate em pó. Antes que me perguntem, cannoli também está certo, mas é o plural de cannolo. Aliás, sugiro também outras sobremesas, como o semifreddo de chocolate ou a torta do dia – hoje era um surpreendente cheesecake de queijo de cabra com calda de frutas vermelhas. O preço de tudo isso? O mesmo do carbonara, R$ 42 (sem contar o serviço e água). Outro dia comi rigatoni com ragu de linguiça e saiu R$ 39. Se quiser acompanhar o respasto com vinho, a taça custa R$ 17 na hora do almoço.
Viu como dá pra ser muito feliz em SP gastando menos de R$ 50?

Tappo Trattoria – R. da Consolação, 2967, Jardins, tel. (11) 3063-4864

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s