Última chance de conhecer a cozinha de Lourdes Hernández

Hugo Delgado, do Obá, e a cocinera Lourdes Hernández, que volta para o México

Hugo Delgado, do Obá, e a cocinera Lourdes Hernández, que volta para o México

A cocinera mexicana Lourdes Hernández vai embora do Brasil, onde mora há 13 anos. Volta pro México em setembro. Se você pensou “e daí?”, provavelmente nunca comeu a comida de Lourdes. Nem participou de um dos excelentes jantares que ela e o marido, o artista plástico Felipe Ehrenberg, promoviam em sua casa, na Rua dos Cariris, em Pinheiros. Eventos com comida mexicana autêntica, apenas com amigos ou amigos de amigos, em mesas comunitárias, naquele ambiente multicolorido. Uma experiência inesquecível – fui algumas vezes e numa delas cheguei a me apaixonar por alguém que estava na minha mesa, veja só! (não, não deu em nada.)

O festival tem María Sangrienta, bloody mary à mexicana, e 30 rótulos de tequila

O festival tem María Sangrienta, bloody mary à mexicana, além de outros drinques e mais de 30 rótulos de tequila

Bem, Lourdes se vai e está rolando uma série de despedidas pela cidade. Como esse festival Semana de la Gastronomia Mexicana y del Tequila do Obá, que vai até dia 3 de agosto, e tem menu com 18 pratos, baseadas no receituário popular mexicano. Como o Alambre en cubos (R$ 55), espeto de bife ancho, bacon e vegetais grelhado, acompanhado de arroz cremoso com queijo, chile poblano e grãos de milho, ou a Sincronizada con mole (R$ 24), uma quesadilla dupla, de tortilla de trigo, cortada em quatro e recheada de queijo e presunto, servida com mole caseiro, molho a base de chiles, especiarias, nozes e frutos secos Curioso? Hoje rola um jantar-degustação, com 12 receitas, bebidas e drinques pelo valor de R$ 180 por pessoa ou R$ 150 sem bebidas. E para quem gosta de tequila, o festival oferece mais de 30 rótulos de tequila e drinques típicos, como a María Sangrienta, bloody mary à mexicana preparado com clamato, sangrita e temperos, e a Margarita tradicional, servida também em versões de melancia e abacaxi.

Perito caliente, a versão mais picante  de Lourdes para o cachorro-quente

Perrito rabioso, a versão mais picante de Lourdes para o cachorro-quente mexicano

E se você quiser se despedir da Lourdes Hernández de um modo mais informal, amanhã, dia 31 de julho, rola um Obá na Calçada, organizado pelo restauranter Hugo Delgado. Das 18h às 21h, Lourdes servirá o perrito rabioso, cachorro quente bem picante, com picles de jalapeño e salsa de chile de árbol assado. Para aplacar a ardência, drinques como margarita, margarita frozen e micheladas. Um adeus simpático e atrevido da grande dama da culinária mexicana no Brasil.

Obá Rua Dr. Melo Alves, 205, Jardins, tel. (11) 3086-4774, www.obarestaurante.com.br

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s