Spa pra colocar tudo no lugar

Rondelli de ricota com castanha do pará ao molho rosê, com cenoura glaciada e creme de pupunha. Sim, começamos bem!

Rondelli de ricota com castanha do pará ao molho rosê, com cenoura glaciada e creme de pupunha.

Olá, boa forma! Quanto tempo que eu não te via! Pois é, o moço aqui resolveu tomar jeito e correr atrás do prejuízo. Vim passar uma semana no Lapinha Spa, no Paraná, que tem mais de 40 anos e é considerado o melhor spa médico do Brasil. Na verdade, não vim à Lapinha “pra emagrecer” (somente). Aqui é um verdadeiro detox de tudo: a alimentação é totalmente orgânica, saudável e vegetariana; as atividades físicas são tão legais que dá vontade de fazer (além das massagens maravilhosas, imagine caminhadas por fazendas, igrejinha e linha de trem, no meio das montanhas); as instalações são lindas (a piscina infinita é meu lugar preferido, sem contar o lago, as trilhas, muita flor e muito passarinho); e o clima é tão de paz que você acaba se realinhando – corpo e mente.

Um dos meus lugares favoritos na Lapinha.

Um dos meus lugares favoritos na Lapinha.

“Xi, o blogueiro virou natureba?” Claro que não, hehe. Vou continuar comendo pizza, tomando vinho (sempre) e fazendo tortas de maçã bem calóricas. Mas uma semana na Lapinha dá aquele empurrãozinho necessário pra você reorganizar sua alimentação, cuidar mais de si. Em 2012, na primeira vez em que passei uma semana aqui, perdi 4 kg. Voltei para São Paulo animado e continuei com exercícios regulares, tentando compensar as delícias gastronômicas com uma dieta balanceada. Resultado: nos 4 meses seguintes perdi mais 8 kg e cheguei no meu peso ideal. Assim, sem sofrer e com a cuca boa.

Pão de batata yacon com queijo cottage, frutas e ricota. E nada de café, só chá de maçã com canela mesmo. 🍎

Pão de batata yacon com queijo cottage, frutas e ricota. E nada de café, só chá de maçã com canela.

Há dietas de 1.850 cal. até de 600 cal. Dessa vez, minha dieta aqui é de 850 calorias. Por dia. Dá fome? Dá. Mas não fome de quem não comeu, mas de quem tem vontade de comer mais, sabe? E isso nos primeiros três dias. Depois o corpo entende que você não precisa de mais e segura a onda. Ok, sinto falta de café (na Lapinha só há chás de frutas e ervas; nada estimulante, como cafeína). Às vezes sinto vontade de um croissant, mas posso passar sem isso uma semana ou duas, né? O corpo, entretanto, responde rapidamente à mudança de alimentação: três dias sem ingerir nenhuma toxina e você desincha, sente melhora na pele e até no cabelo (morra de inveja, véia Katsuki!).

Sala de repouso na clínica médica e centro de massagem. No centro, as piscininhas quentes e frias da terapia Kneipp.

Sala de repouso na clínica médica e centro de massagem. No centro, as piscininhas quentes e frias da terapia Kneipp.

Outro mito que não existe aqui: comida de spa é sem graça, sem gosto e sem variedade. Tudo que é servido para você, seja qual for sua dieta, é pensado por nutricionistas, médicos e uma equipe de cozinha, chefiada pela simpaticíssima Arlete Zbonik (mais de 20 anos de Lapinha). Um prosaico desjejum pode surpreender você, com pãezinhos de batata yacon, polvilho e queijo cottage, que parecem pão de queijo sem culpa, ao lado de frutas como melancia, atemoia e peras picadas.

Salada "inteligente": folhas verdes, tomate, laranja, chucrute e uma deliciosa granola salgada.

Salada “inteligente”: folhas verdes, tomate, laranja, chucrute e uma deliciosa granola salgada.

Essa semana, por exemplo, já passaram pelas mesas do refeitório rondelli de ricota com castanha do pará, molho rosé e creme de pupunha; quiche de legumes; cebolas empanadas (calma, é com farinha sem glúten e assada depois); e semifredo de mel e chocolate (sim, há doces na Lapinha!). E como disse a nutricionista Carolina Morais, até uma salada pode trazer inteligência culinária, como a que reunia folhas verdes, tomate, laranja, chucrute e uma deliciosa granola salgada.

Semifredo de mel e chocolate (sim, há doces na Lapinha!)

Semifredo de mel e chocolate (sim, há doces na Lapinha!)

“Tá, Junior, mas o que tem pra fazer aí, além de comer essas coisas, caminhar e ficar de pernas pro ar?” Bem, antes de tudo, algumas vezes você DEVE ficar de pernas pro ar, sim. Relaxar e desligar fazem parte da sua terapia. Também tem um menu enorme de massagens – e você tem de experimentar a TOI – Terapia Oriental Integral, em quem uma japonesa arretada (e super séria!) mistura técnicas orientais, como shiatsu, acupuntura e ventosas. Saí outro. Há também tratamentos estéticos, como peeling diamantado, esfoliação com sal grosso e banho de leite. Sem falar de palestras sobre nutrição, mastigação (sim, isso é muito importante), noites de cinema e até showzinho musical. Ok, esses eu nunca fui, mas tá valendo pra quem curte.

IMG_5806Ah, e se você se programar, pode visitar o spa numa das semanas temáticas, como a de cinema, a de caminhadas ou, a melhor de todas, de culinária (justamente a que eu peguei). Todas as tardes, há aulas com receitas funcionais, light, saudáveis e, acredite, gostosas (veja o post com algumas apresentadas pela Carolina Morais). E o melhor: você pode provar um pouquinho do que foi feito, o que é salvação da lavoura quando você está com aquele fome e a próxima refeição é uma frutinha dali há duas horas.

Captura de Tela 2016-02-23 às 21.29.33Enfim, eu podia ficar horas aqui falando, mas tenho de dormir, pois amanhã tem caminhada às 6h20. Fecho com algumas dicas preciosas, tipo um “pequeno guia de sobrevivência num spa”.

– Não pule nenhuma refeição e não deixe de comer nada que te servem: acredite, qualquer avelã faz uma diferença danada quando você está numa dieta restritiva.

– Faça o máximo de atividade física que puder, mas sem estresse. Relaxe, cultive a preguiça, abrace o dolce far niente, desfrute do silêncio.

– Curta a sua refeição. Seja uma salada, uma fruta ou um nhoque. Coma mastigando devagar, sem muita conversa, sentindo o prazer dos sabores, dando tempo pro seu corpo entender que você está saciado.

– Tome chá. Litros. Eles fazem bem ao organismo, mantêm você hidratado e disfarçam um pouco aquela fominha chata. E são uma delícia: laranja maçã e canela; quentão de hibisco; gengibre com erva doce; abacaxi…

– Deixe que mimem você. Os funcionários, muito gentis e solícitos, sempre com um sorriso na cara, são treinados para fazer de sua estadia a melhor possível. Peça o que precisar e deixe que cuidem de você. Mas não seja um chato!

– Finalmente, curta à beça esse período. Spa não é pra ser uma penitência; é pra ser uma delícia. Então, delicie-se!

Lapinha Spa – Estrada da Lapa, Rio Negro, km 16,- Zona Rural, Lapa, Paraná, tel. (41) 3622-1044, http://www.lapinha.com.br

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s