Novo Tanit: ótima comida, bons drinques e clima mediterrâneo

Croquetas de jamón ibérico (R$ 28), do novo Tanit: peça junto com um Clericot, sente-se na varanda e sinta-se em Ibiza ou Barcelona.

Croquetas de jamón ibérico (R$ 28), do novo Tanit: peça junto com um Clericot, sente-se na varanda e sinta-se em Ibiza ou Barcelona.

Tanit é o nome de uma deusa fenícia, venerada em Cartago e no Mediterrâneo Ocidental por volta do século V. Maior divindade da região, Tanit era associada à fertilidade, inclusive da terra – era ela que os agricultores fenícios invocavam em épocas de seca, pedindo por chuva. Cerca de 2.500 anos depois, parece que o nome continua a invocar prosperidade. Ao menos foi essa a impressão que tive ao visitar o Tanit, novo restaurante de culinária mediterrânea aberto no ínicio da Oscar Freire. Funcionando apenas há duas semanas, o casa já registra filas de espera, principalmente no jantar, e só se ouvem elogios ao restaurante, principalmente à cozinha mediterrânea com forte pegada catalã do chef espanhol Oscar Bosch.

Negroni Jerez: quem diria que eu me apaixonaria asssim?

Negroni Jerez: quem diria que eu me apaixonaria asssim?

Uma das grandes vocações do novo restaurante são as tapas e petiscos, principalmente se consumidos com os bons drinques executados pelo barman Caique Soares – esse moço criou um negroni Jerez (R$ 27) tão bom que até me fez esquecer um pouco da fase dry martini que estou atravessando e da minha habitual ranzinzice com “inovações” da clássica receita do drinque. Mas aqui ele acertou muito: sai o vermute rosso, entra o bianco, e o gim divide o protagonismo com o aromático e avermelhado jerez. Já tomei quatro em dois dias (foi tipo Heleninha Roitmann – The Catalan Tour).

bunuelosVoltando às entradas e tapas, invista sem dó nas frituras sequinhas, pois são pequenos bocados de alegria. Como esses buñuelos (R$ 30), que parecem bolinhos de chuva mas são feitos com bacalhau, agradáveis na mordida e com sabor equilibrado, companhados de alioli cítrico.

bravasOutro clássico espanhol, as batatas bravas (R$ 24) ganham aqui versão crocante, com molho de tomate caseiro e ragu de chorizo. Dica feel good: sente-se na varanda, peça essas tapas com uma jarra de clericot (R$ 72, com espumante à maçã verde, uva verde, gengibre e cachaça) e sinta-se em Barcelona. Ou Ibiza.

tartare tutanoEntre os pratos, há uma opção para compartilhar (ou comer inteira, como prato principal) que me encantou tanto pelo sabor quanto pela apresentação. Trata-se do steak tartare (R$ 47), que vem por cima de um… tutano assado! Sim, um grande osso com tutano assado (e ainda quente) é a base para a carne cortada e bem temperada, guarnecida com cubos crocantes de batata. Tudo sobre uma base rústica de madeira.

fideuaNa seção de arrozes e massas, chamam atenção o suculento fideuá de lulinhas grelhadas (R$ 56, na foto), feita no caldo de camarão e servida com maionese de alho, e um belo arroz negro com polvo grelhado, tinta de lula e alioli (R$ 60)

polvoE por falar em polvo, ainda ressoa na minha boca o sabor do polvo grelhado com panceta ibérica, salsa holandesa e batatas rústicas (R$ 65). O molusco de carne tenra e pele levemente crocante repousa no prato sobre uma generosa fatia crocante e suculenta de barriga de porco, rodeado pelas batatas e finalizado com o molho aveludado. Se eu soubesse falar fenício, faria uma prece de gratidão para Tanit!

porcoUma boa opção pra quem não é chegado em frutos do mar é o leitãozinho crocante cozido em baixa temperatura, cenourinhas, chutney de repolho roxo e maçã (R$ 62). Parece pesado, mas é na verdade bem gostoso na boca e confortável no estômago.

torta santiagoPara finalizar, fui muito feliz com a torta de Santiago (R$ 22, na foto), uma disco macio de massa de amêndoas, com creme inglês e sorvete de nata, obra da  patissière brasileira Bia Bosch (sim, ela é esposa do chef!). Ainda fiquei de provar os churros e a pera cozida em baixa temperatura, mousse de iogurte, crumble de macadâmia e sorbet de pêra (R$ 19). Ficou para uma próxima visita ao novo templo descontraído da deusa fenícia.

Tanit – Rua Oscar Freire, 145, Jardins, tel. (11) 3062-6385.

 

Anúncios

Curry para aquecer o corpo e alegrar o paladar

Chiang mai: cubos de frango e abóbora mergulhados num curry levemente picante e refrescante

Chiang mai: delicious curry com frango, ótima pra esse clima frio (foto divulgação)

Tenho um problema quando vou ao restaurante Mestiço: frequento o lugar há tantos anos que deveria conhecer o menu de cabo a rabo. Acontece que quase toda vez que vou lá peço… o mesmo prato, o Samui (R$ 69), frango empanado com molho thai, castanhas de caju e arroz de jasmim. Claro que já comi outras coisas, como o pad thai, o bife Guanabara (com empadinhas de alho-poró), as tirinhas de filé thai do Ásia e até salada cubana. Gostei de tudo, mas sempre batia aquele pequeno arrependimento de não ter pedido… o Samui!

Krathong-thong, as cestinhas de frango que eu nunca deixo de pedir

Krathong-thong, as cestinhas de frango que eu nunca deixo de pedir

Bem, na semana passada voltei à casa para conhecer algum dos pratos de curry que a chef Ina de Abreu sugere para esse tempinho frio que está chegando. Acabei comendo o Chiang mai (R$ 68), com cubos de frango (rá!) e abóbora mergulhados num cremoso curry apimentado com leite de coco (acompanha o arroz de jasmim). Não se assuste com o “apimentado”: o molho é pouco picante e traz um toque refrescante que equilibra bem a receita. Mas a entrada foi a de sempre (e isso NÃO dá pra pular): as Krathong-thong (R$ 29), cestinhas tailandesas de massa crocante, recheadas com frango, milho e especiarias. Ficaram ainda melhor acompanhadas do bom dry martini da casa.

Pitchuburi (tiras de carne no curry verde, bem apimentado): minha próxima pedida (fotos do Leo Feltran)

Pitchuburi: minha próxima pedida no Mestiço (foto Leo Feltran)

Agora quero voltar para provar o mais ardido de todos, o Pitchuburi (R$ 73), que leva curry verde tailandês de filé mignon fatiado com abobrinha e leite de coco. E pra quem gosta de peixe, a sugestão da chef é o Ko phai (R$ 89), com cunos de robalo ou namorado em cubos ao curry vermelho com aspargos, leite de coco e especiarias. Meu querido Samui vai ter de esperar um pouquinho.

Samui: ainda te amo, mas temos de dar um tempo!

Samui: ainda te amo, mas temos de dar um tempo! (foto divulgação)

Mestiço Rua Fernando de Albuquerque, 277, Consolação, tel. (11) 3256-3165, www.mestico.com.br

Eataly comemora o 1º aniversário com ofertas, pratos novos e até bolo gigante

Espaco_NovoLembra quando as pessoas estavam enlouquecidas com a inauguração do Eataly São Paulo? Pois é, o grande mercado e centro gastronômico já está completando um ano no dia 19. E para comemorar seu primeiro aniversário, o Eataly programou uma série de eventos, promoções e descontos para todo o mês de maio. São 500 tipos de ofertas, como o queijo Grana Padano RAR (100g), de R$ 12,90 por R$ 9,90; ou a polpa de tomate Mutti (vidro de 400g), de R$ 10,29 por R$7,99; e ainda as massas da Pastas di Gragnano Rigorosa: em qualquer corte de massa, você leva duas pelo preço de uma. Ou seja, a macarronada já está garantida!

Eataly_Nutella Corner_crepe_crŽd ito Camila Bianchi_divulgaçãoJá os loucos por Nutella podem participar da ação Pimp my crepe Nutella: até o final do mês, o Eataly vai selecionar, toda semana, uma receita especial sugerida pelos clientes da casa, por meio do instagram @eatalybr. Quem tiver sua receita selecionada ganha um crepre de Nutella por dia, na semana da vitória. Os crepes vencedores, aliás, ficarão também disponíveis no Nutella Corner durante uma semana cada um, custando R$ 18.

Os restaurantes também terão pratos especiais para o período, como papppardelle con ragu’ ala bolongnese (R$ 38), no La Pasta; carpaccio de melancia e parmigiano reggiano (R$ 28), no Le Verdure; e vieira grelhada com alho-poró e prosciutto di parma (R$ 48), no Il Pesce; além de dois diferentes tipos de carne, a cada semana, no espaço do Brace Bar & Griglia.
Ah, e no próprio dia 19, às 14h, o mercado comemorar a data com um bolo gigante (elaborado pela Venchi), cantando “Parabéns pra você” com os clientes, que ganham um pedaço de bolo e uma tacinha de espumante. Auguri!

282520_601231_fachada_eataly_0002Eataly São Paulo – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1498, Vila Olímpia, tel. (11) 3279-3300, eataly.com.br

Começa amanhã o Brunch Weekend com menus de R$ 49

Uma das opções de brunch do Camden House (todas as fotos do Mario Rodrigues)

Uma das opções dos menus de brunch do Camden House (foto Mário Rodrigues)

Se liga nessa que é a dica é quentíssima: começa amanhã e vai até dia 29 de maio o primeiro Brunch Weekend em São Paulo. São 20 estabelecimentos da cidade que servirão uma sugestão de brunch a la carte por R$ 49 por pessoa, sempre aos fins de semana de maio. Todo menu incluindo uma taça de espumante Chandon ou um drinque feito com a bebida, como mimosa ou bellini. O menu da Camden House, por exemplo, tem várias opções, como ovos Royale (ovos pochés, salmão defumado, molho hollandaise) ou Full English Breakfast (linguiça suína caseira, cogumelos, tomate rôti, bacon, ovos fritos e pão da casa), ou French Toast (duas fatias grandes de brioches, acompanhadas de mel e compota de frutas vermelhas, na foto), entre outras. Todas acompanhadas de uma taça de Chandon Mimosa.

 

Táboa de charcutaria e outras delícias do Cateto (foto Mário Rodrigues)

Táboa de charcutaria e queijos, salmão e  outras delícias do brunch do Cateto: tudo por R$ 49 (foto Mário Rodrigues)

Outra boa pedida é o menu do Cateto: uma das opções é a Tábua de Charcutaria & Queijos, com copa curada e defumada, jamón serrano, queijo feta de cabra, queijo de vaca do Serro, nozes, damascos, mel, geleia de morango (acompanha cesto de pães de fermentação natural) + Salmão defumado & bagel (sour cream de dill) + Tapas (par): queijo de cabra com geleia de frutas vermelhas; + Aspargo Jamon & Backed egg; + Rustic Apple Pie (torta quebrada de maçã e blueberry). E, claro, Chandon Mimosa ou Chandon Tintoretto.

 

Befresh: opção pra quem gosta de brunch mais clássico (foro Mário Rodrigues)

Befresh: boa pedida pra quem gosta de brunch mais clássico (foro Mário Rodrigues)

Quer brunch com mais cara de brunch ainda? Aposte no menu do Befresh: Scones (pão inglês) + Panqueca com maple syrup ou com mel ou com calda de fruta + Ovo Benedict ou mexido com tomate (servido com pão de cereais) + Mingau BeFresh + Granola caseira BeFresh, com iogurte e salada de frutas + Pão de cereais tostado com salmão marinado e sour cream + Chandon Mimosa, Chandon Bellini ou taça de Chandon. Para saber todos as casas participantes do Brunch Weekend, bem como seus menus, endereços e horários de funcionamento, acesso a página do evento no Facebook. E bom apetite!