Receita rápida e incrível: frango spicy com laranja e gengibre

frango spicy 2Hoje larguei um pouco os doces e investi num novo prato: frango spicy com laranja e gengibre. Taí uma receita fácil, prática e bem saborosa pra receber amigos sem ter de ficar horas na cozinha ou mesmo para uma refeição rápida a dois. E o resultado é ótimo: um prato razoavelmente leve, que combina tons picantes e cítricos com um leve toque adocicado, e muito versátil: você pode servir com arroz branco, arroz integral ou cuscuz de vegetais. O importante é: prepare o frango uma hora antes e depois finalize 15 minutos antes de servir. Essa porção rende para 4 pessoas. Confira.

Frango spicy com laranja e gengibre

Ingredientes:
1 kg de peito de frango, limpo, desossado e cortado em tiras (ou cubos)
1 xícara de suco de laranja espremida na hora
2 colheres de chá de casca de laranja ralada
¼ de xícara de shoyu (usei o light)
3 colheres de sopa de gengibre fresco bem picado
2 colheres de sopa de alho bem picado
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de pimenta sriracha (aquela que vem num frasco)
1 ½ colher de sopa de vinagre de arroz
2 colheres de chá de açúcar mascavo
¼ de colher de chá de pimenta branca moída
1 colher de sopa de maisena
1 colher de sopa de água fria
¼ de xícara de cebolinha picada

frango spicy 1Modo de fazer:
Em uma tigela, adicione suco e raspas de laranja, vinagre, shoyu, alho, gengibre, uma colher de sopa de azeite, pimenta sriracha, pimenta branca e açúcar mascavo. Misture bem.
Coloque o frango em um saco plástico e despeje sobre ele 1/3 da marinada acima. Feche e leve à geladeira por uma hora. (isso pode ser feito em um recipiente, como tuppeware). Reserve os 2/3 da marinada para o molho.
Já deu tempo? Retire o frango da geladeira e dispense a marinada que estava ali. Numa frigideira grande (melhor se for wok), esquente bem uma colher de azeite, em fogo alto. Quando estiver pelando, coloque metade das tiras de frango e deixe dourar por 5 minutos, mexendo de vez em quando para cozinhar por igual. Retire o frango e faça o mesmo com a outra metade das tiras. Reserve.
Abaixe o fogo pra médio-alto e na mesma wok coloque os 2/3 de marinada para cozinhar, até ferver. Enquanto isso, numa tigelinha à parte, misture a maisena a a água. Adicione essa mistura à marinada fervente e deixe ferver por mais um minuto, mexendo sempre, até engrossar e pegar uma bonita cor caramelada.
Adicione o frango e deixe cozinhar mais um minuto ou dois, para o frango ficar aquecido e bem besuntado com o molho grosso. Na hora de servir, coloque sobre uma porção de arroz (ou cuscuz) e salpique com cebolinha. Está pronto!

Anúncios

Tian comemora Ano Novo chinês com menu triplo de pato

tianFeliz 4713! Não fiquei maluco, não: ontem foi o Ano Novo chinês. Além das casas no bairro da Liberdade, algumas casas comemoraram a data com menus especiais. É o caso do asiático Tian, que está oferecendo um cardápio especial de três pratos à base de pato, um dos ingredientes mais usdos na culinária chinesa. O trio será servido no jantar até 19 de março, custa R$ 150 e dá pra duas pessoas. Uma das receitas é o pato de Szechuan, uma versão do chef Fernando de Souza para o famoso Pato de Pequim (ou pato laqueado). No Tian, a ave é cozida a vapor, com temperos da região de Szechuan, e depois frita com gordura de pato, com molho hoisin, pepino, cebolinhas e buns (pães chineses) no vapor. Os outros dois pratos são o Crispy Duck  Salad (pato confitado, alface mizuna, tomates cerejas, cebola roxa, laranja e vinagrete de ameixa chinesa) e dumplings de Pato (trouxinhas recheadas com coxa confitada de pato), servidos em consomê de pato, shiitake e temperado com cinco especiarias chinesas. Já quero.

Tian – Rua Jerônimo da Veiga, 36, Itaim Bibi, tel. (11) 2389-9399, www.tianrestaurante.com.br

Receita pra fazer em 15 minutos: arroz frito com camarão e legumes

arrozfritoChegou em casa à noite sem muita ideia pra cozinhar mas com uma baita fome? Chegou gente pra almoçar no fim de semana e pegou você desprevenido? A solução é uma receita SRV (simples, rápida e versátil). Sim, acabei de inventar essa sigla boboca, mas é ela resume bem alguns pratos que salvam sua pele na hora de servir (ou comer sozinho mesmo) alguma coisa legal, sem tempo pra isso. Sábado testei uma dessas: arroz frito com camarão e legumes. Dá uns 15 minutos de fogão e fica sensacional. O legal dessa receita de arroz frito é que 1) você pode mudar os legumes conforme seu gosto ou o que tem na geladeira; 2) é versátil e pode ser a base de várias proteínas, como camarão, iscas de carne bovina ou tiras de filé suíno, por exemplo; 3) nem precisa de acompanhamento (se bem que fiz uma omelete de claras, pra aproveitar as 5 claras que sobraram de uma receita de torta que fiz um pouco mais cedo – esta aqui). Vamos lá?

Arroz frito com camarão e legumes

Ingredientes
2 xícaras de arroz (pode ser amanhecido; aliás, melhor se for)
350 g de camarão limpo
1 xícara de brócolis
1 xícara de pimentão amarelo picado
1 xícara de cebola roxa picada
2 dentes de alho picados
½ xícara de milho
½ xícara de ervilha
1 colher de chá de gengibre picado
2 colheres de sopa de shoyu
1 colheres de sopa de óleo de gergelim
2 colheres de sopa de óleo vegetal
Sal e pimenta a gosto.

Modo de fazer
Antes de tudo, misture bem o shoyu com o óleo de gergelim numa tigelinha e reserve. Numa frigideira larga, aqueça o óleo. Coloque os camarões, tempere com sal e pimenta, e salteie até que fiquem rosados. Retire e reserve.
Na mesma frigideira, refogue a cebola roxa, alho e gengibre, até que cebola comece a dourar (coloque o alho e o gengibre um pouco depois da cebola).
Adicione então o pimentão e os brócolis (eu usei brócolis congelados mesmo, mas antes dei um susto de 3 minutos em água fervendo, seguido de um banho em água gelada). Deixe cozinhar por 5 minutos, até que os vegetais fiquem tenros, mexendo de vez em quando. Coloque um pouco de azeite comum se achar que está muito seco.
Adicione as ervilhas (também usei congeladas) e o milho. Refogue por uns 3 minutos e adicione o arroz e a mistura de shoyu e óleo de gergelim. Misture bem e deixe cozinhar por uns 3 minutos. Adicione o camarão e pronto!

Nama Baru traz delícias asiáticas à Pompeia

Coxa de pato e macarrão na wok

Coxa de pato e macarrão na wok, com molho hoi sin

Sou fã de comida asiática e fico muito feliz quando abre uma casa em SP dedicada a esse tipo de culinária – seja tailandesa, coreana, vietnamita e por aí vai. Sábado fui conhecer o Nama Baru, restaurante aberto há menos de dois meses no bairro da Pompeia, a 10 minutos de casa. Quer dizer, aberto no novo endereço, pois o restaurante funcionou por poucos anos numa espaço bem reduzido na própria Av. Pompeia. Na mudança, ganhou instalações amplas e um projeto arquitetônico moderno, com muita pedra, madeira e luz acertada. Assim como o serviço: os garçons sabem explicar os itens do (até que enxuto) menu, são atenciosos e não têm aquela expressão blasé, que parece virou moda na brigada de alguns restaurantes no eixo Jardins-Itaim. A comida? Ótima, bem executada, cuidadosa e bem apresentada. Como a saborosa coxa de pato salteada na wok, com macarrão, cebola roxa, moyashi e nirá com molho hoi sin (R$ 58). Detalhe: esse é o preço mais alto do menu. A média dos pratos principais gravita nos R$ 44. Dá uma olhada abaixo na festança que a gente fez.
Continuar lendo