Receita de bolo de blueberry e limão siciliano

Cansou de comer ovo de Páscoa? Que tal uma sobremesa que não leva chocolate, mas é bonita e gostosa à beça? Testei hoje esse bolo de blueberry e limão siciliano e achei a massa incrivelmente macia – e um gostinho de baunilha que combina bem com o toque cítrico e perfumado do limão e o sabor fresco dos mirtilos. Vamos lá?

Ingredientes
200 g de manteiga (na temperatura ambiente)
2 ¾ xícaras de farinha de trigo
1 ¾ xícara de açúcar
1 ½ colher de chá de fermento
¼ colher de chá de bicarbonato
¼ colher de chá de sal
4 ovos
2 colheres de sopa de suco de limão siciliano
1 colher de sopa de raspas de limão siciliano
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 xícara de buttermilk (ou uma xícara de leite integral, misturado com 1 colher de sopa de limão espremido e repousado por uns 15 min.)
1 ½ xícara de blueberries (também chamados de mirtilos)
1 colher de sopa de farinha de trigo (para revestir as frutinhas)

Cobertura
3 colheres de sopa de suco de limão siciliano
1 xícara de açúcar de confeiteiro
Blueberries e raspas de limão para decorar

Modo de fazer
Pré-aqueça o forno a 200ºC. Use uma forma redonda grande.
Misture farinha, fermento, sal e bicarbonato numa tigela.
Na batedeira, bata a manteiga por um minuto até ficar cremosa. Coloque o açúcar e bata por cerca de 3 minutos, até ficar bem fofo. Adicione os ovos, um por um e vá batendo cada vez que adicionar. Em seguida, coloque a baunilha, as raspas de lim˜qo e o suco espremido.
É hora de misturar a farinha. Adicione um terço da mistura seca, bata um pouco, adicione meia xícara do buttermilk, sempre batendo a cada adição. Repita com 1/3 de farinha, meia de buttermilk, e termine com o 1/3 final da farinha. Não bata muito, para não deixar a massa dura.
Passe os bluberries na farinha para revesti-los (isso evita que eles desçam na forma e fiquem todos no fundo do bolo). Adicione as frutinhas na massa e misture gentilmente com uma espátula. Coloque na forma untada e enfarinhada e asse por cerca de 55-60 minutos. O bolo estará pronto quando você enfiar um palito de dente no centro e ele sair limpinho. Deixe esfriar por cerca de 30 min e desenforme.
Para fazer a cobertura, misture o suco de limão no açúcar de confeiteiro peneirado até virar um glacê. Se estiver muito grosso, coloque mais limão. Despeje sobre o bolo frio e, decore com blueberries e raspas de limão.

 

Anúncios

Receita vapt-vupt de bolo de cranberry com laranja

boloMeu irmão é sócio do Sam’s Club. Outro dia me levou lá com ele e obviamente comprei um monte de coisa – alguns itens têm preços tentadores demais. Um deles foi um pacote de 1 kg de cranberry desidratado, que saiu por R$ 29. Adoro misturar na granola ou no iogurte, e além e gostoso faz bem aos rins (coisa de véia, né? Mas é verdade!). Mas… é muito cranberry, então fui atrás de receitas com a fruta e me deparei com esse bolo de cranberry com laranja. A única “dificuldade” era o sour cream (creme azedo), que não se encontra facilmente. Daí fiz a receita caseira do sour cream (1 xícara de creme de leite fresco + 1 limão espremido; bata bem com um fouet até ficar consistente) e resolvido o problema. Outra coisa: preparei uma calda de cranberry pra acompanhar, porque o bolo em si vai pouco açúcar e achei que pedia um toque a mais – e realmente ficou melhor. Mãos à obra?

 

formaBolo de cranberry com laranja e calda de cranberry

Ingredientes:
(para o bolo)

1 xícara de cranberry desidratado
½ xícara de suco de laranja natural
1 colher cheia de raspas de laranja
2 ovos grandes
1 ½ xícara de farinha de trigo
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá bem cheia de fermento
½ colher de bicarbonato de sódio
¼ colher de chá de cravo em pó
¼ colher de chá de sal
½ colher de chá de essência de baunilha (coloquei quase uma!)
½ xícara de creme azedo (veja texto acima)
½ xícara de manteiga sem sal

(para a calda)
2 ½ xícaras de suco de cranberry
1 ½ xícaras de cranberry desidratado
2 colheres de sopa de amido de milho (maisena)
1 ½ colher de sopa de açúcar (podem ser 2, se quiser uma calda mais doce)

Modo de fazer:
(o bolo)

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Unte uma forma média redonda ou uma quadrada de uns 20×20 e polvilhe com farinha. A receita não é para bolo grande e a massa é meio pesada, então não coloque em forma muito grande senão fica baixo.
Misture os secos (farinha, cravo moído, fermento, sal e bicarbonato) numa tigela e reserve. Em outra, misture delicadamente os ovos, o suco de laranja, a baunilha e o creme azedo.
Numa batedeira, bata o açúcar com a manteiga por 3 minutos até obter uma mistura uniforme. Adicione as raspas de laranja e a mistura dos ovos, aos poucos. Pare de bater, raspe as laterais da tigela com uma espátula e volta a bater, para ficar bem misturado.
Adicione a mistura de farinha aos poucos, tipo ½ xícara por vez, batendo bem, e continue a raspar as laterais quando preciso.
Depois de colocar toda a farinha, bata em velocidade média por mais 30 segundos e tire da batedeira. Adicione o cranberry e misture com uma espátula. Coloque na forma e leve ao forno. Deixe assando por 35 a 40 min. Faça o teste do palito: se sair sequinho, o bolo está pronto.

calda(a calda)
Coloque numa panela duas xícaras de suco de cranberry, o açúcar e as frutas desidratadas. Deixe em fogo alto até ferver. Daí baixe o fogo e deixe cozinhando por mais uns 5 a 10 minutos, até os cranberrys incharem e o líquido reduzir um pouco.
Numa tigelinha à parte, dissolva a maisena em ½ xícara de suco de cranberry. Adicione a mistura na calda da panela e deixe cozinhar por mais uns 5 minutos, para engrossar. Prove o açúcar, tire do fogo e coloque em um recipiente de vidro. Depois que esfriar, pode servir. Aliás, pode usá-la também para cobrir um cheesecake, por exemplo. #ficadica

Dica do Ferraro para servir o bolo:
Corte uma fatia, sirva com uma generosa porção de chantilly e uma boa colherada de calda de cranberry.
corte

Pro Dia das Mães: receita passo a passo de bolo de matchá com chantilly e frutas

bolo todoDia das Mães não pode passar em branco. O meu, por exemplo, vai ser meio verde. Não, minha mãe não é palmeirense (ok, eu já fui, mas hoje ligo mais pro ponto da massa do que pra marca do pênalti). Explico o “verde”: além de um belo almoço num restaurante especial, vou fazer pra mamma esse lindo bolo de matchá com chantilly e frutas, que aprendi numa aula de culinária japonesa com a chef Telma Shimizu Shiraishi, do Aizomê. A aula foi na minha escolha do coração, o Na Cozinha, do chef Carlos Ribeiro, acabamos botando a mão na massa com a grande chef e o resultado foi essa maravilha. Parece difícil, mas é um bolo simples de fazer (basicamente um pão de lá com um toque de chá verde), só um pouco mais trabalhoso para decorar. Mas tenho certeza que sua mãe merece, então mãos à obra!

 

A chef Telma Shiraishi dando seu doce recado

A chef Telma Shiraishi dando seu doce recado

Bolo de matchá com chantilly e frutas, da chef Telma Shiraishi
(Rendimento: de 8 a 10 porções)

Ingredientes:
4 gemas
4 claras
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó
1 pitada de sal
1 xícara de chá de água fervente (200 ml)
1 colher de sopa de pó de matchá
500 ml de creme de leite fresco
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de conhaque
1 colher de chá de extrato de baunilha
Seleção de frutas: morangos, kiwis, pêssegos em calda, blueberries (ou a gosto)

 

Modo de fazer:
Bata as claras em neve com uma pitada de sal e reserve. Bata as gemas com a xícara de água fervente até espumar bem (esse é um bom truque para obter uma massa fofinha). Vá acrescentando o açúcar aos poucos, sem deixar de bater. Acrescente a farinha aos poucos e continue a bater até ficar uma mistura homogênea. Retire da batedeira.
Dissolva o matchá em um pouco de água quente, até ficar uma pasta molinha (passe numa peneirinha pra tirar caroços). Misture delicadamente na massa, que logo ganhará uma coloração esverdeada, linda.
massaAcrescente o fermento em pó e as claras em neve, misturando delicadamente com a espátula, sempre debaixo pra cima – nao coloque toda a clara de uma vez, faça isso em duas etapas. Despeje em assadeira redonda, forrada com papel manteiga, e leve para assar em forno pré-aquecido a 180ºC. Prefira uma daquelas assadeiras com fundo removível, mais fácil pra desenformar.
Enquanto o bolo assa, misture o creme de leite, o açúcar, o conhaque e a baunilha e bata até o ponto de chantilly firme. Quando o bolo começar a cheirar, ele já está pronto ou quase (de 30 a 40 minutos). Fique de olho pra não queimar, faça o este do palito seco, retire do forno e deixe esfriar.

 

topoLimpe as frutas. Separe uma parte menor (cerca de um terço do total de frutas) e fatie bem fininho os morangos, kiwis e pêssegos. Esses quase”sashimis” de frutas vão na parte de cima do bolo, decorando o doce, como a foto ao lado.  Pique em bubinhos os outros dois terços de frutas variadas, misturando um pouco da calda do pêssego e um toquinho de conhaque (você também pode usar rum ou cachaça, mas lembre-se de não exagerar!)
Depois de desenformado, corte o bolo para que fique com três camadas (ok, pode ser só duas, mas com três fica mais bonito!).

 

Na camada de baixo, cubra com as frutas picadas, uma camada bem espalhada de chantilly e cubra com outra camada de bolo (veja abaixo). Faça o mesmo e cubra com a camada-tampa do bolo.

coberturaNa hora de “tampar” o bolo, será o contrário: primeiro uma generosa camada de chantilly, que servirá de base “colante” para as fatias de frutas que você reservou pra decorar o bolo. Complete com os blueberries, se quiser algumas folhas de hortelã, e leve à geladeira até a hora de servir. E feliz Dia das Mães!

Bolo de gengibre e especiarias: receita moleza

IMG_9968Sábado investi numa nova receita: bolo de gengibre da Gramercy Tavern. Não tenho certeza se o restaurante nova-iorquino realmente servia esse bolo (no menu atual não consta), mas deveria: o doce tem massa macia, cheia de especiarias, bem aromática, e cor terrosa, caramelada, quebrada pelo açúcar polvilhado por cima. E é MUITO fácil de fazer. Só uma dica: prepare o bolo no dia anterior ao que for servi-lo (ou 12 horas antes). O açúcar se assenta com mais sutileza e as especiarias se destacam melhor. Acabou em menos de 24 horas lá em casa.

 

IMG_9970Bolo de gengibre e especiarias da Gramercy Tavern

Ingredientes:
1 xícara de cerveja Guinness stout (ou outra marca de stout)
1 xícara de melaço de cana (quanto mais escuro melhor)
½ colher de chá de bicarbonato
2 xícaras de farinha peneirada
1 ½ colheres de chá de fermento em pó
2 ½ colheres de sopa de gengibre fresco moído
1 colher de chá de canela em pó
1/3 colher de chá de cravo em pó (se não tiver, moa no processador)
1/3 colher de chá de noz-moscada em pó
3 ovos grandes
3/4 xícara de açúcar mascavo
3/4 xícara de açúcar refinado
¾ xícara de óleo vegetal
Açúcar de confeiteiro para finalizar

FullSizeRenderModo de fazer:
Pré-aqueça o forno a 200ªC. Unte uma forma de bolo com furo no meio e espalhe farinha de trigo, tirando o excesso. Usei uma forma grande, pois a massa tende a crescer. Aliás, prefira uma forma que permita deixar a base do bolo pra cima quando for desenformado, porque a parte de cima dele tende a dar uma afundada quando assa – então é melhor que isso fique por baixo na hora de servir.
Numa panela, misture a cerveja e o melaço e até ferver. Ferveu? Remova do fogo, misture bem o bicarbonato e deixe esfriar.
Misture numa tigela grande os ingredientes secos (farinha, fermento, cravo, canela, noz-moscada). Na batedeira, bata os ovos com os açúcares até ficar uma creme homogêneo. Continue batendo e adicione o óleo, o melaço fervido e o gengibre.
Adicione esse mistura aos ingredientes secos, usando um fouet ou espátula, até que fique tudo bem combinado.
Despeje a massa na forma. Bata uma vez o fundo da forme na pia ou mesa, pra tirar bolhas, e leve ao forno. Deixe assar entre 40 e 50 minutos. Faça o teste do palito até sair quase seco, com algumas migalhas úmidas. Tire e deixe esfriar um pouco. Depois, desenforme num prato largo e deixe esfriar completamente.
Não coloque o açúcar de confeiteiro com o bolo ainda quente ou morno – o açúcar começa a derreter e “mancha” sua obra (o apressado aqui fez isso). Deixe pra finalizar pouco antes de servir. Se quiser, pode acompanhar o bolo com chantilly com algumas raspas de limão.