Um brasileiro que deu certo

Aquarela do Brasil: nova entrada surpreendente do chef Fábio Vieira, no Micaela

Aquarela do Brasil: nova entrada surpreendente do chef Fábio Vieira, no Micaela

Restaurante de comida brasileira pode ser uma caixa de surpresa: às vezes peca pelo excesso de tradição (e serve apenas o óbvio); outras, pelo exagero na criatividade (e vira uma papagaiada gourmet). O restaurante Micaela, no Paraíso, passa longe desses extremos: quase sempre, as receitas criadas pelo chef paulista Fábio Vieira são ótimas combinações de sabor marcante, execução impecável e criatividade na medida – como uma das estrelas do cardápio, a canjiquinha mineira com camarão e linguiça (R$ 58,50). Essa semana, almocei ali para provar alguns pratos novos e, novamente, saí bem feliz. A começar pela entrada fantástica, Aquarela do Brasil (R$ 38). São quatro flans (ou pequenas mousses) nos sabores galinha caipira; moqueca (minha preferida); couve com alho assado e gorgonzola; e tucupi e jambu com grana padano. Acompanha uma porção generosa de placas de biscoito de polvilho.

caipirinhaSim, eu poderia ter almoçado essa entrada (que na verdade é para compartilhar). Ainda mais acompanhado dessa ótima caipirinha de cachaça, limão, gengibre e melado de cana (R$ 20), dourada, saborasa e refrescante.

peixeNa hora do principal, fui no namorado em leite de castanha (R$ 75): uma robusta posta de peixe preparado no melado de cana, com shoyu e limão, sobre o molho de leite de castanha do Pará aromatizado com pachouli e farofa de farinha d’água de Cruzeiro do Sul (AC). O leite de castanha deixa o prato mais leve do que se fosse preparado com leite de coco, e o shoyu com limao reforçam o frescor. Some a isso o leve dulçor do melado e o crocante da farofa e você tem uma combinação rica de sabores e texturas.

mignonPara os fãs de carne vermelha, há seis opções, entre elas o Mignon Micaela (R$ 55,50): carne grelhada com crocantes de jamón (um toque da ascendência espanhola do chef, que aparece aqui e ali no cardápio), acompanhado de pure de madioquinha e quatro queijos brasileiros.

bolo geladoA sobremesa… aaah! Essa foi marcante: bolo gelado de coco queimado (R$ 26), servido com um caramelo quente de chocolate branco e puxuri (semente amazônica que lembra ao mesmo tempo canela, cravo e noz-moscada). Eu aviso: dá pra dividir, pois é bem doce, mas a vontade que dá é de matar inteiro.

Micaela Rua José Maria Lisboa, 228, Paraíso, tel. (11) 3473-6849, www.restauatantemicaela.com.br

 

 

Anúncios

Faça as caipirinhas das cidades-sedes Copa 2014

foto 1Desde que publiquei o post sobre o Cardápio da Torcida do Brasil a Gosto, vários leitores deste blog me pediram a receita das caipirinhas, criadas pela chef Ana Luiza Trajano para acompanhar os petiscos. E não é que ela liberou? E o melhor: são muito simples de preparar. Vamos lá?

Fortaleza/ Recife
70 ml de cachaça Santo Grau (ou outra de sua preferência)
5 unidades de seriguela
50 gramas de polpa de tamarindo
10 ml de xarope de açúcar (veja receita abaixo)
Gelo a gosto

Numa coqueteleira, dê uma leve macerada na seriguela. Adicione todos ingredientes e o gelo. Agite para misturar. Coloque num copo largo e guarneça com uma fatia fina de limão.

Screen Shot 2014-05-07 at 10.56.15 AMSalvador/ São Paulo
70 ml de cachaça Santo Grau
1 limão rosa (pode colocar outros, como cravo ou taiti)
3 rodelas de pimenta dedo de moça (sem as sementes)
10 ml de xarope de açúcar (veja receita abaixo)
Gelo a gosto

Corte os limões em rodelas, coloque numa coqueteleira e esmague de leve, apenas para liberar um pouco do suco. Adicione todos ingredientes e o gelo. Agite para misturar, coloque tudo num copo largo e beba!

Receita do xarope de açúcar
1 kg de açúcar
1 l de água
Misture e ferva em fogo brando por 2 horas. Espere esfriar bem e use nos drinques. Você também pode preparar e estocar na geladeira.

Torcedor da Copa ganha menu de petiscos no Brasil a Gosto

foto 1Depois de trazer receitas dos quatro canto do país pra mesa do seu Brasil a Gosto, a chef Ana Luiza Trajano foi buscar inspiração para um novo menu numa das maiores paixões dos brasileiros: o futebol. Ou melhor, os petiscos e guloseimas que o torcedor come em torno dos estádios que frequenta. O resultado é o ótimo Cardápio da Torcida, que já está sendo oferecido no seu restaurante desde abril.

 

foto 4Desde fevereiro, Ana percorreu as 12 cidades-sedes dos jogos da Copa 2014 para pesquisar. A investigação virou também um programa de TV apresentado pela própria chef, o Fominha, exibido pelo canal pago GNT, falando dessas receitas. O menu temático será servido em três fases no restaurante, abordando quatro cidades-sedes por mês. Até dia 11 de maio, está “em cartaz” a primeira fase. Além do acarajé de Salvador ($ 29), na foto acima, um dos destaques é o delicioso cachorro-quente de moela (R$ 29), servido com farofa de ovo de cordorna, homenagem da chef a Recife.

foto-2Também vem do Nordeste a terceira cidade-sede dessa fase do menu: Fortaleza, representada por coxinha de macaxeira recheada de charque, catupiry e jerimum. Acompanha uma inusitada panelinha de tripa – sim, tripa, mergulhada num molho delicioso e servida com torradinhas (R$ 29).   foto 2Fecha a lista de petiscos a cidade de São Paulo, com esse inusitado canudinho (R$ 29), que remete aos cannoli vendidos na Mooca, porém feito com massa de pastel. O recheio é de pernil desfiado e catupiry. Sim, sensacional.   foto 5Para acompanhar as iguarias, a chef também criou caipirinhas especiais (R$ 18, cada), feitas com cachaça Santo Grau, uma receita para cada par de cidades-sedes. A Fortaleza-Recife leva tamarindo e seriguela. Já a Salvador-São Paulo (abaixo) é feita com limão e pimenta.   foto 3Quem quiser experimentar de tudo, como eu fiz, pode pedir o menu degustação, que custa R$ 99. E não vejo a hora para provar a próxima fase do Cardápio da Torcida. Ah, em dias de jogo, a casa exibirá a partida e criará um “combo” com outros petiscos. Quando eu tiver mais detalhes, informo. Torcer assim é mais gostoso. Brasil a Gosto – R. Prof. Azevedo Amaral, 70, Jd. Paulistano, tel. (11) 3086-3565, www.brasilagosto.com.br