Hambúrguer com jeitão de filme do Tarantino

The Hangman: burger de filé de costela de Angus, cheddar maturado inglês e bacon de costela.

The Hangman: burger de filé de costela de Angus, cheddar maturado inglês e bacon de costela.

Quem conhece os filmes do diretor americano Quentin Tarantino certamente entendem a referência no ato: o Big Kahuna Burger é uma rede havaiana de hamburguerias fictícia, que aparece em Pulp Fiction (1994), obra-prima do diretor. Fã de Tarantino e de sanduíches, Renato Veras Jr. resolveu abrir uma lanchonete com esse nome em São Paulo há quase três anos e caprichou no tema: além de rechear o menu com sanduíches e milk-shakes batizados com nomes dos personagens de Pulp Fiction, Veras despejou referências aos filmes de Tarantino na decoração de sua casa – há até um pôster do último filme do cineasta, Os Oito Odiados. Mas… e a comida?

fritasBem, estive lá no sábado e não há dieta que resista aos burgers imensos – e bem saborosos – criados por Veras. Aliás, “dieta” ali passa muito longe: além de Tarantino, o Big Kahuna é uma casa dedicada aos fãs de bacon. Praticamente todo o sanduíche leva bacon – um deles, o Bacon Porn (R$ 36,80), leva burger de 250 g recheado com queijo estepe e todo envolto em uma trama de fatias de bacon. #pense. Ah, vale a pena também provar as onion rings e as fritas rústicas, com alho e alecrim.

ambienteEu comi um sanduíche que na verdade não está no menu; é uma edição especial que será servida ainda hoje e no fim de semana após a Páscoa (dias 1º, 2 e 3 de abril). Trata-se do The Hangman (R$ 32,50), 200 g de hambúrguer de filé de costela de Angus, cheddar maturado inglês Joseph Heler, bacon de costela Primor (português), no pão de brioche feito com farinha orgânica e sementes de papoula. Tomara que acabe integrando o menu oficial da casa, pois é bem gostoso.

vincentvegaAh, também comi o John Travolta, ops, digo, o lanche Vincent Vega (R$ 33,80, foto acima): burger com queijo estepe, crispy onions, coberto com sour cream e bacon bits. Ainda vem uma saladinha à parte, pra diminuir a culpa. Só fiquei com vontade de provar o lanche Marcellus Walace (R$ 28,80), que leva hambúrguer de calabresa, catupiry, tomate caqui e vinagrete, no pão de brioche.

shakesOutra especialidade da casa são os milk shakes, com sete opções. Provei o novo Brownie Shake (R$ 24,80 peq./ R$ 28,80 gde.): vai sorvete de chocolate fudge da Ben & Jerry’s, pedaços de brownie feito na casa, calda de chocolate, farofa crocante e chantilly. Mas gostei ainda mais de outro, o Peanut Freak (R$ 18,80 peq./ R$ 22,80 gde.), com sorvete de chocolate, pasta de amendoim, marshmallow, farofa crocante e chantilly.

plyhead2Eu sei que comi tanto que, olha a raridade da situação, não sobrou espaço para a sobremesa! Mas fiquei bem curioso para experimentar o Oreo cheesecake (R$ 22,80), rechedo com biscoitos e coberto com ganache de chocolate Callebaut. Ah, uma coisa muito legal: a escada que leva aos banheiros é toda decorada com pôsteres, placas e até uma cabeça de porco, uma das famosas polyheads do artista Tico Volpato. Não deixe de ver!

Big Kahuna Burger – Al. Lorena, 53, Jardim Paulista, tel. (11) 3051-6268, www.bigkahunaburger.com.br

 

 

Anúncios

Festival de cheesecake traz versão até de acerola

Screen Shot 2014-08-08 at 5.32.07 PMAdeus, dieta. O P.J. Clarke’s promove, até 7 de setembro, mais um festival de cheesecakes. Dessa vez, são três versões da torta, além da tradicional da casa, coberta col calda de frutas vermelhas (e, pra mim, a melhor da cidade). Dessa vez há cheesecake de Baileys com doce de leite, de chocolate amargo com caramelo e amêndoas e de acerola com castanha de caju. Cada pedaço sai R$ 19, mas quem quiser provar os três pode pedir a porção de degustação, com fatias menores, por R$ 25. Foi o que fiz – e meu preferido foi o de acerola! Como eu disse, essas versões só estarão disponíveis até 7 de setembro, nas duas unidades da lanchonete.

P.J. Clarke’s – Rua Oscar Freire, 497, Jardins,, tel. (11) 2579-2765, e Rua Dr. Mario Ferraz, 568, Itaim Bibi, tel. (11) 3078-2965, www.pjclarkes.com.br