Pro Dia das Mães: receita passo a passo de bolo de matchá com chantilly e frutas

bolo todoDia das Mães não pode passar em branco. O meu, por exemplo, vai ser meio verde. Não, minha mãe não é palmeirense (ok, eu já fui, mas hoje ligo mais pro ponto da massa do que pra marca do pênalti). Explico o “verde”: além de um belo almoço num restaurante especial, vou fazer pra mamma esse lindo bolo de matchá com chantilly e frutas, que aprendi numa aula de culinária japonesa com a chef Telma Shimizu Shiraishi, do Aizomê. A aula foi na minha escolha do coração, o Na Cozinha, do chef Carlos Ribeiro, acabamos botando a mão na massa com a grande chef e o resultado foi essa maravilha. Parece difícil, mas é um bolo simples de fazer (basicamente um pão de lá com um toque de chá verde), só um pouco mais trabalhoso para decorar. Mas tenho certeza que sua mãe merece, então mãos à obra!

 

A chef Telma Shiraishi dando seu doce recado

A chef Telma Shiraishi dando seu doce recado

Bolo de matchá com chantilly e frutas, da chef Telma Shiraishi
(Rendimento: de 8 a 10 porções)

Ingredientes:
4 gemas
4 claras
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó
1 pitada de sal
1 xícara de chá de água fervente (200 ml)
1 colher de sopa de pó de matchá
500 ml de creme de leite fresco
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de conhaque
1 colher de chá de extrato de baunilha
Seleção de frutas: morangos, kiwis, pêssegos em calda, blueberries (ou a gosto)

 

Modo de fazer:
Bata as claras em neve com uma pitada de sal e reserve. Bata as gemas com a xícara de água fervente até espumar bem (esse é um bom truque para obter uma massa fofinha). Vá acrescentando o açúcar aos poucos, sem deixar de bater. Acrescente a farinha aos poucos e continue a bater até ficar uma mistura homogênea. Retire da batedeira.
Dissolva o matchá em um pouco de água quente, até ficar uma pasta molinha (passe numa peneirinha pra tirar caroços). Misture delicadamente na massa, que logo ganhará uma coloração esverdeada, linda.
massaAcrescente o fermento em pó e as claras em neve, misturando delicadamente com a espátula, sempre debaixo pra cima – nao coloque toda a clara de uma vez, faça isso em duas etapas. Despeje em assadeira redonda, forrada com papel manteiga, e leve para assar em forno pré-aquecido a 180ºC. Prefira uma daquelas assadeiras com fundo removível, mais fácil pra desenformar.
Enquanto o bolo assa, misture o creme de leite, o açúcar, o conhaque e a baunilha e bata até o ponto de chantilly firme. Quando o bolo começar a cheirar, ele já está pronto ou quase (de 30 a 40 minutos). Fique de olho pra não queimar, faça o este do palito seco, retire do forno e deixe esfriar.

 

topoLimpe as frutas. Separe uma parte menor (cerca de um terço do total de frutas) e fatie bem fininho os morangos, kiwis e pêssegos. Esses quase”sashimis” de frutas vão na parte de cima do bolo, decorando o doce, como a foto ao lado.  Pique em bubinhos os outros dois terços de frutas variadas, misturando um pouco da calda do pêssego e um toquinho de conhaque (você também pode usar rum ou cachaça, mas lembre-se de não exagerar!)
Depois de desenformado, corte o bolo para que fique com três camadas (ok, pode ser só duas, mas com três fica mais bonito!).

 

Na camada de baixo, cubra com as frutas picadas, uma camada bem espalhada de chantilly e cubra com outra camada de bolo (veja abaixo). Faça o mesmo e cubra com a camada-tampa do bolo.

coberturaNa hora de “tampar” o bolo, será o contrário: primeiro uma generosa camada de chantilly, que servirá de base “colante” para as fatias de frutas que você reservou pra decorar o bolo. Complete com os blueberries, se quiser algumas folhas de hortelã, e leve à geladeira até a hora de servir. E feliz Dia das Mães!

Anúncios

Não tem desculpa: 5 opções pra celebrar o Dia das Mães

Se você não lembrava que o próximo domingo é Dia das Mães, provavelmente está em maus lençóis. Vamos correr atrás do prejuízo e marcar logo um almoço bacana pra homenagear aquela que te alimenta desde o nascimento? (Misericórdia, hoje acordei com a veia dramática bem inflamada!). Confira cinco dicas:

Lula recheada de linguado com risoto negro

Lula recheada de linguado com risoto negro, do Zucco

Zucco
O restaurante italiano criou receitas para o domingo da mamma. A entrada é lagostini com purê de bacalhau trufado e aspargos (R$ 36). Nos principais, duas opções: lula recheada de linguado com risoto negro (R$ 68) ou galinha d’Angola grelhada ao molho funghi fresco e capellini integral (R$ 62). A sobremesa é flan de café com cacau polvilhado (R$ 22).
Rua Haddock Lobo, 1.416, Jardins, tel. (11) 3897-0666, ou Shopping Morumbi, tel. (11) 5181-4748.

 

Petit Tender grelhado com salada de cogumelos e batatinhas assadas

Petit Tender grelhado com salada de cogumelos e batatinhas assadas, do Clos

Clos de Tapas
Oh, mamacita! Os chefs Juca Duarte e Julian Rigo montaram duas opções de menu especial para esse domingo. O cardápio fechado inclui couvert, entrada, prato e sobremesa, por R$ 110. E já começa bem no couvert: gazpachito, azeitonas, pães artesanais, manteiga especial e conserva de legumes caseira e croquete de jamón. As opções de entrada são brandade de bacalhau gratinada, folhas de brócolis refogadas, creme de pimentão vermelho e tapenade de azeitona preta ou salada grega. Nos pratos, tortelli de abobora assado na manteiga de sálvia ou filé mignon do dianteiro (Petit Tender) grelhado com salada morna de cogumelos, speck e batatinhas assadas. As opções de sobremesa: gazpacho frio de morango, iogurte, gelatina de ciroc com brioche ou suflê de chocolate Callebaut com sorvete de caramelo.
Rua Domingos Fernandes, 548, V. Nova Conceição, tel. (11) 3045-2291.

 

Sopa tailandesa de camarão, limão kafir e capim santo

Sopa tailandesa de camarão, limão kafir e capim santo, do Tian

Tian
A casa traz um toque asiático para o Dia das Mães com o prato criado elo chef Fernando de Souza especialmente para a data: o Tom-Yum-Goong (R$ 28), tradicional sopa tailandesa de camarão, que leva limão kafir e capim santo. A refrescância se estende ao drinque especial não-alcoólico criado para acompanhar a sopa, composto por capim santo, chá de jasmin, açúcar de baunilha, limão e suco de lichia (R$ 8). E as mães ganham a sobremesa de cortesia: crumble de pêra e creme inglês com gengibre. Ah, se quebra você pode dar uma volta de tuk tuk, o triciclo motorizado.
Rua Jerônimo da Veiga, 36, Itaim Bibi, tel. (11) 2389-9399.

 

Panqueca de maçãs e creme de baunilha

Panqueca de maçãs e creme de baunilha, do Deliqatê

Deliqatê
Pra quem quer começar a comemorar com sua mãe logo cedo, uma boa pedida é o brunch domincal do Deliqatê. Tem omelete de siri (R$ 24), ovos beneditinos (R$ 22), french toast tradicional (R$ 22) ou com bacon e ovo frito (R$ 25), além de panqueca com maçãs salteadas e creme de baunilha (R$ 22). E ainda terá um waffle especial, feito com fermentação natural, nas versões frutas e mel (R$ 23) e nutella (R$ 25).
Alameda Jaú, 1191, Jardins, tel. (11) 3063-4988.

 

Caixa Mamma Mia!

Caixa Mamma Mia!, do Farofa.la

Farofa.la
Essa dica é pra quem não quer comer fora no Dia das Mães. A dupla André Melman e Mikael Linder criou duas caixas com produtos especiais pra celebrar a data no conforto do lar. A caixa Mamma Mia! (R$ 93) traz sete quitutes caseiros, como o Queijo Caprino Romano, produzido em Joanópolis, que pode ser consumido com o Creme de Limão Cravo, do Sítio 3 Barras, e complementado com os Drageés de chocolate da Nugali. A segunda sugestão é ideal para preparar uma macarronada bem especial. Já a caixa Mãe Gourmet (R$ 62,90) tem tudo para você preparar uma macarronada especial pra sua mãe: um pacote de espaguete artesanal, feito com farinha orgânica e cortada a mão, um pote de tomate pelado também orgânico, um bulbo de alho negro e, para finalizar, o queijo de cabra de Joanópolis.
http://www.farofa.la