Sexta-feira ardidinha

tucunareLembrem que eu falei do 4º Festival da Pimenta aqui? Então, na sexta-feira já fui provar as iguarias de dois restaurantes. No almoço, pedi a entrada Dupla Baiana (R$ 31,50), no Na Cozinha: dois mini acarajés e dois mini abarás, acompanhados de molho de pimenta Nagô (achei tranquilo) e o molho Lambão, um vinagrete bem ardido. À noite, fui ao Obá, quase uma embaixada desse festival e a casa que criou mais itens nessa edição: são 18 receitas para o evento. A que mais me encantou foi o filé de tucunaré (R$ 71), com pele crocante e carne macia, servido com um picante vinagrete de lulas e pimentas brasileiras e a inusitada farofa molhadinha de maracujá. Adorei a combinação da picância do vinagrete com o adocicado da farofa, tudo misturado à textura incrível do peixe. Um dos melhores pratos que comi no Obá.

 

ostrasOutra criação especial para o festival é a deliciosa entrada de ostras thai (R$ 33), ou seja, quatro ostras empanadas em massa de tempurá, com molho de pimentas thai, folha de limao kaffir, hortelã e coentro. Babei.

 

camaroesQuer algo menos ardido? Aposte no palmito assado com camarões salteados com pimenta de cheiro (R$ 62), tudo regado com tucupi e aromatizado com folhas de coentro, servido com beijus de tapioca bem firmes e molho de pimenta cumari à parte.

 

frutasAs sobremesas também ganharam sua versão picante. Eu adorei meus doces da fazenda (R$ 17,50): figo, goiaba, casca de laranja em calda, com pimenta dedo de moça, coalhada bem firme e doce de leite. Raspei o prato.

 

petitA outra doçura ardidinha do Obá é a cascada de chocolate (R$ 18,50), na verdade um petit gateau feito com chocolate mexicano e um toque (bem leve mesmo) de pimentas mexicanas em pó, com sorvete de limão, calda de tequila e frutas vermelhas.

Lembrando que o Festival da Pimenta 2014 está ocorrendo em 12 casas até dia 8 de junho.

Obá– Rua Melo Alves, 205, Jardins, tel. (11) 3086-4774, www.obarestaurante.com.br

Picância sem pudores

Coxa de pato com curry vermelho estilo Panang, o mais apimentado da Tailândia, do Nama Baru (R$ 45,80

Coxa de pato com curry vermelho estilo Panang, o mais apimentado da Tailândia, do Nama Baru (R$ 45,80

Você tem medo de pimenta? “A pimenta é um prazer que tem que ser encarado sem pudor“, já dizia o mexicano Hugo Delgado, do Obá, em seu manifesto de lançamento do primeiro Festival da Pimenta. Pelo visto as pessoas andam perdendo mesmo o pudor, pois o evento chega à 4ª edição, de 29 de maio a 8 de junho. Com o tema “Muito além da picância”, o festival reúne 12 casas, que criaram pratos ou menus especiais, além de aulas sobre o uso das pimentas – que vão desde os chiles e ajís latino-americanos, passando pela a japonesa Shishito, a tailandesa Bird’s Eye, até a brasileira Cumari, que em tupi-guarani quer dizer “alegria do gosto”.

 

image028Entre os destaques do festival, estão os 18 pratos do Obá, que vão da picância “que só faz cócega” dos Sopes de pavo en mole negro (R$ 25) até as ardências “profissa” dos lagostins com chilli jam (R$ 79). E no dia 29, o Obá na Calçada vai servir Burger Mexicano Alambre (R$ 20), temperado com mayocrema de chipotle.

 

image009Ainda no terreno latino, o Suri também preparou vários pratos, como o ceviche de peixe branco com pasta chinesa de pimenta e alho, óleo de gergelim, cebolinha, coentro e castanha de caju (R$ 32). Para beber, tem o drinque Maria Sirena, com suco de tomate, tequila, ají rojo boliviano, caldo de peixe, sal e limão (R$ 19).

 

image011Também fiquei curioso com o menu fechado com quatro pratos (R$ 99) que o chef Vítor Sobral criou para o festival: creme de mandioquinha e couve flor com tartar de tomate e pimenta cambuci assadas e coentros (na foto), seguido do bacalhau Pil Pil com pimenta malagueta, o frango na púcara com quiabos e pimenta cumari, e por fim, o queijo da serra com geleia de tomate, gengibre e pimenta de cheiro. O chef virá de Portugal dia 29 para dar uma aula no Festival da Pimenta, com o tema “Pimentas nos países de língua portuguesa”, pelo valor de R$ 90, das 18h às 19h. A aula sera seguida de uma degustação dos quatro pratos com vinhos portugueses, por R$ 165.

 

image021Até petiscos entraram na dança da pimenta. No Aconchego Carioca, a chef Kátia Barbosa oferece o combo Deixa Arder (R$ 35), que traz suas já famosas pimentas dedo-de-moça empanadas e recheadas de carne seca e requeijão, acompanhadas pela cerveja Coruja Labareda, uma lager com um toque de pimenta.

 

image013Outro bem brasileiro no pedaço, o Na Cozinha serve a Dupla Baiana (R$ 31,50), com mini acarajés e mini abarás, servidos com vatapá e camarão seco, e dois tipos de molhos apimentados. Bem, confira abaixo os endereços das casas que participam do 4º Festival de Pimentas, perca os pudores e aproveite o evento! Continuar lendo